Esta é a prova de que Yamcha é o personagem mais azarado de Dragon Ball

É uma piada Universal o quão Yamcha sofre na série Dragon Ball. Estando presente desde a série clássica até Super, ele não tem nenhum descanso quando o assunto é passar vergonha.

Melhor até mesmo que Kuririn na arte de estar no lugar errado, na hora errada e fazendo tudo errado, Yamcha é ridicularizado por tudo e todos, mesmo tendo poder o suficiente para dominar o nosso mundo real.

Mas infelizmente ele é um personagem de Dragon Ball, onde lançar rajadas de energia com a mão é do cotidiano. Mesmo em sua primeira aparição Yamcha recebeu dedada nos olhos de Goku e mais pra frente na série original, teve sua perna brutalmente quebrada por Tenshinhan, o que causou sua derrota futura para um dos demônios de Piccolo.

Na série Z, Yamcha foi morto por um Saibamen kamikaze, mesmo sendo superior em luta, o que gerou o meme mais famoso de toda a franquia Dragon Ball.

Após ser ressuscitado e avisado sobre a eminência dos ataques Androides pelo Trunks do Futuro, Yamcha decidiu treinar na Câmara de Gravidade de Bulma e… bem…

Yamcha também foi o primeiro a encontrar o Dr. Gero na saga dos Androides, o que garantiu mais uma derrota instantânea.

Yamcha ainda teve seu braço quebrado por um dos Cell Jr.s de maneira completamente desnecessária, tal qual a vez que Tenshinhan quebrou a perna dele.

E em Dragon Ball Super, mesmo em seu momento mais vitorioso na série, onde garantiu a vitória de seu time de Baseball do Universo 7 contra o Universo 6, o resultado para ele foi esse:

Confira também outras notícias de Dragon Ball:

Você pode assistir todos os episódios já lançados do anime de Dragon Ball Super através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade