InícioArtigosOs 50 melhores jogos de Xbox Clássico

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

O Xbox Clássico foi um console muito importante para a indústria do videogame, mas quais são os melhores jogos dele?

PUBLICIDADE

No post de hoje, nós reunimos os 50 melhores jogos do console de estreia da Microsoft na indústria de games. É óbvio que falaremos sobre Halo abaixo, mas quais são os outros 48 jogos da lista?

Confira a lista abaixo, e contra também nossa lista de melhores jogos de outros consoles: PS1, PS2, PS3, PS4, PSP, PS Vita, Xbox 360, Xbox One, Mega Drive, Dreamcast, Super NintendoGame Boy ColorGame Boy AdvanceGamecubeWiiNintendo SwitchNintendo DS e Nintendo 3DS.

Os melhores jogos de Xbox Clássico

Halo: Combat Evolved

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

PUBLICIDADE
  • Desenvolvedora: Bungie
  • Ano de lançamento: 2001

É impossível falar de jogos de Xbox Clássico sem falar de Halo: Combate Evolved, afinal esse é sem sombra de dúvidas um dos melhores jogos do console e talvez o melhor jogo de lançamento de um console da história.

Halo revolucionou os jogos de tiro em primeira pessoa nos consoles, trazendo não só uma ótima história, mas uma variedade invejável de gameplay e uma fórmula que ainda hoje é a mesma dentro da franquia.

PUBLICIDADE

Tudo bem que há jogos de tiro muito mais profundos hoje em dia, mas eu recentemente joguei a campanha do primeiro Halo e posso dizer sem medo de errar que ela ainda é muito boa em merece ser jogada.

Halo 2

  • Desenvolvedora: Bungie
  • Ano de lançamento: 2004

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

PUBLICIDADE

Halo 2 pega todos os problemas de ritmo de campanha que Halo original possuía e os corrige, além de adicionar mais profundidade à história e algumas reviravoltas que vão deixar você boquiaberto.

Talvez até hoje essa seja a melhor campanha da franquia, eu não sei, eu fico dividido entre ela e Halo Reach. Seja como for, é inegável que Halo 2 é um dos melhores, quiçá o melhor jogo de Xbox Clássico.

Ninja Gaiden Black

PUBLICIDADE
  • Desenvolvedora: Team Ninja
  • Ano de lançamento: 2005

Ninja Gaiden Black é um dos melhores jogos de ação do Xbox Clássico. No jogo, você controla Ryu Hayabusa, um mestre ninja que está numa missão para recuperar uma espada roubada do clã dele, além de vingar os membros do clã que foram mortos neste roubo.

O jogo conta com uma ação extremamente divertida e fluída, e muito desafiante. Curiosamente, a versão Black do jogo permanece ainda hoje como um exclusivo de Xbox, pois o código fonte dela foi perdido, e a Koei Tecmo não conseguiu relançar o game em suas coletâneas recentes, optando pelas versões Sigma por esse motivo.

PUBLICIDADE

Jet Set Radio Future

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Smilebit
  • Ano de lançamento: 2002

Jet Set Radio Future é um jogo extremamente divertido onde você é um membro de uma gangue que usa patins para explorar Tóquio enquanto faz grafite em paredes, desafia gangues rivais e foge das autoridades.

PUBLICIDADE

Este jogo é uma sequência do Jet Set Radio do Dreamcast, e assim como o seu antecessor conta com uma trilha sonora simplesmente incrível.

The Chronicles of Riddick: Escape from Butcher Bay

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Starbreeze Studios, Tigon Studios
  • Ano de lançamento: 2004
PUBLICIDADE

Você sabia que além de ser a cara de Velozes e Furiosos, Vin Diesel é nerd pra caramba e responsável por um estúdio de jogos de videogame?

A franquia Riddick surgiu graças ao estúdio dele, esse jogo inspirado na franquia de cinema Riddick conta com elementos de Splinter Cell, Metal Gear Solid e Half Life, ou seja, tem tudo pra ser bom, e é muito melhor do que a gente imagina que o jogo vá ser mesmo. Recomendadíssimo.

Max Payne

PUBLICIDADE
  • Desenvolvedora: Remedy Entertainment
  • Ano de lançamento: 2004

Max Payne já foi um dia um dos melhores jogos de tiro em terceira pessoa, e apesar de não ter envelhecido tão bem assim, ainda vale a pena pelo registro histórico.

O jogo conta a história de um policial que acaba se tornando um vigilante após a família dele ser morta por viciados em drogas. O jogo conta com um gameplay de tiro muito bom, e foi o responsável pela introdução do bullet time nos jogos de videogame, aquele recurso em que o jogo entra em câmera lenta para você executar diversos tiros numa fração de segundos.

PUBLICIDADE

Forza Motorsport

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Turn 10 Studios
  • Ano de lançamento: 2005

Forza Motorsport foi onde a atual maior franquia de corridas começou. O jogo conta com mais de 200 carros, boas pistas, excelentes gráficos para a época e rendeu horas e mais horas de diversão aos donos de um Xbox Clássico na época.

PUBLICIDADE

Project Gotham Racing 2

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Bizarre Creations
  • Ano de lançamento: 2003

Além de Forza, outro bom jogo de corrida do Xbox Clássico era Poject Gotham Racing 2. Aqui o seu objetivo não era apenas chegar em primeiro colocado, era chegar da forma mais estilosa possível e ganhando o máximo de pontos possível para aí sim ver quem era realmente o vencedor. Um jogo muito divertido.

PUBLICIDADE

Fable

  • Desenvolvedora: Big Blue Box
  • Ano de lançamento: 2004

Um dos RPGs mais ambiciosos quando foi lançado, Fable tem como objetivo contar a aventura de um jovem que vai se tornando o herói do povo dele. O jogo combina influência de grandes jogos do gênero e dá um grau de liberdade bem importante para a época, inclusive com você podendo tomar decisões boas ou malignas, e o alinhamento e até a aparência do seu personagem mudando dependendo das suas escolhas em pontos chave do jogo. Fable foi o primeiro de vários jogos dessa franquia, que ainda é muito querida pelos fãs de Xbox.

PUBLICIDADE

Phantasy Star Online Episode I & II

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Sonic Team
  • Ano de lançamento: 2002

Phantasy Star foi uma franquia de RPG muito importante do Mega Drive, e no Dreamcast ela voltou como o primeiro MMO de videogame.

PUBLICIDADE

Nesse MMO, você podia reunir até quatro jogadores para enfrentar as criaturas de Ragol em desafios épicos. Assim como no caso do Quake 3, ainda é possível jogar Phantasy Star Online graças à comunidade de fãs apaixonados do Dreamcast.

Capcom vs SNK 2

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Capcom
  • Ano de lançamento: 2001
PUBLICIDADE

Capcom vs. SNK 2: Mark of the Millennium 2001 pega tudo o que deu certo em Capcom vs SNK e corrige os problemas. O jogo conta com uma quantidade imensa de personagens, diversos estilos de jogo e um gameplay soberbo. Infelizmente esse foi um dos últimos jogos da era de ouro dos crossovers, mas ainda assim, uma ótima forma de começar a fechar a cortina.

Marvel vs Capcom 2

  • Desenvolvedora: Capcom
  • Ano de lançamento: 2000
PUBLICIDADE

Marvel vs Capcom 2 talvez seja o melhor crossover de todos os tempos, e há vários motivos para acreditar nisso. O primeiro grande motivo é que agora é possível lutar de 3 contra 3 trocando os personagens a qualquer instante. Além disso, o jogo contava com o elenco imenso de 56 personagens, ou seja, dificilmente você iria sentir falta de alguém, como no meu caso que sentia falta do Ken em Marvel vs Capcom original.

Além de tudo isso, o jogo ainda conta com um ritmo extremamente acelerado, combos gigantescos e especiais exagerados, ou seja, é o jogo que melhor capta o espírito dessa era maravilhosa de crossovers.

Há quem não goste do exagero todo de técnicas e combos de quase 100 hits, mas é inegável que esse jogo entrega diversão.

PUBLICIDADE

Burnout 3: Takedown

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Criterion Games
  • Ano de lançamento: 2004

Burnout 3: Takedown é provavelmente o auge dos jogos de corrida descompromissados da era do PlayStation 2. Corra a mais de 320 por hora, vença corridas, ganhe dinheiro, faça manobras e repita. Tem forma melhor de passar o tempo?

PUBLICIDADE

Black

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Criterion Games
  • Ano de lançamento: 2006

Conhecido por muita gente com um dos mais difíceis jogos de tiro em primeira pessoa de todos os tempos, Black ajudava a preencher uma lacuna que era um tanto vazia nos consoles na época: a de jogos de tiro.

PUBLICIDADE

Psychonauts

  • Desenvolvedora: Double Fine Productions, Budcat Creations
  • Ano de lançamento: 2005

Psychonauts ganha o lugar na lista por ser um dos jogos mais subestimados no seu lançamento, mas por ter ficado “retroativamente” interessante após o lançamento da sua continuação recentemente nos consoles da geração atual. O jogo combina bons elementos de plataforma, uma história muito interessante e ambientes detalhados. Um jogasso.

PUBLICIDADE

Prince of Persia: The Sands of Time

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Ubisoft
  • Ano de lançamento: 2003

Prince of Persia: The Sands of Time é um clássico que está atualmente em processo de receber um remake pela Ubisoft. Trazendo uma história bem interessante que conta uma releitura de um dos clássicos dos computadores 386 e 486, você controla o Príncipe da Pérsia, e agora deve impedir que as Areias do Tempo destruam o mundo, e no meio tempo vencer o Vizir que o enganou a libertar esta ameaça. Um jogo com belos gráficos, uma história divertida e níveis de plataforma muito divertidos que usam muito bem as mecânicas de retroceder o tempo.

PUBLICIDADE

Otogi: Myth of Demons

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: FromSoftware
  • Ano de lançamento: 2003

Otogi: Myth of Demons é um jogo exclusivo do Xbox feito por ninguém menos que a From Software, sim a desenvolvedora de Dark Souls. O jogo de ação é um clássico do Xbox original e conta a história de um antigo executor que agora tenta limpar o Japão de demônios que conquistaram o país.

PUBLICIDADE

Steel Battalion

  • Desenvolvedora: Capcom
  • Ano de lançamento: 2002

Steel Battalion é um jogo de combate de mechas em primeira pessoa que precisava de uma verdadeira faculdade para ser jogado. O jogo necessitava de um controle de 40 botões com três pedais para você controlar o robô e era total focado na simulação ao extremo, chegando ao absurdo de que se você esquecia de apertar o botão de ejetar antes iniciar a autodestruição do seu robô, o seu piloto morria e você tinha que começar tudo de novo.

PUBLICIDADE

Breakdown

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Namco
  • Ano de lançamento: 2004

Breakdown é um jogo de ficção científica em primeira pessoa onde você controla Derrick Cole, um homem que desperta dentro de um laboratório sem memória do que aconteceu com ele e agora deve escapar deste local. O jogo conta com um sistema de combate e de tiro bem interessantes, e certamente vale pela curiosidade, já que está disponível via retrocompatibilidade no Xbox One e Series.

PUBLICIDADE

GTA San Andreas

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Rockstar
  • Ano de lançamento: 2004

GTA San Andreas talvez seja o auge da Rockstar tanto em termos de conquista técnica quanto de história e carisma de personagens. Numa época em que ninguém chegava nem perto de ameaçar a superioridade da empresa em jogos de mundo aberto, a Rockstar poderia muito bem só lançar iterações básicas do que já dava certo, mas ela não se contentou com isso e entregou em GTA San Andreas um dos melhores, talvez o melhor GTA de todos os tempos.

PUBLICIDADE

Nele, você controla CJ, um ex-membro da gangue Grove Street que havia partido para Liberty City em busca de uma vida melhor. Agora, ele volta para San Andreas após a morte da mãe dele e acaba sendo forçado a trabalhar para a polícia após eles ameaçarem-no de acusá-lo do homicídio de um policial da força.

The Elder Scrolls III: Morrowind

  • Desenvolvedora: Bethesda
  • Ano de lançamento: 2002
PUBLICIDADE

A franquia The Elder Scrolls sempre teve muito a ver com o Xbox, e Morrowind foi o começo dessa parceria de sucesso. O jogo conta com uma campanha muito divertida com história profunda, diversas sidequests para ocupar o seu tempo e alguns sistemas que podem até não ter envelhecido tão bem assim hoje em dia, o jogo segue valendo ser conferido.

MechAssault

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Wargaming Chicago-Baltimore
  • Ano de lançamento: 2002
PUBLICIDADE

MechAssault é um bom jogo de robôs em terceira pessoa onde você tem que explorar um planeta chamado Helios atrás de uma tecnologia ancestral. Além de você um antigo culto também busca essa tecnologia, e vai tentar fazer de tudo para impedi-lo de chegar no seu objetivo, rendendo bons tiroteios.

Jade Empire

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: BioWare
  • Ano de lançamento: 2005
PUBLICIDADE

Jade Empire é um dos dois grandes RPGs que a BioWare lançou para o Xbox clássico, sendo o outro Knights of the Old Republic. O jogo é focado na mitologia oriental e conta com um sistema de combate em tempo real muito fluído que certamente vai divertir bastante os fãs. Além disso, o jogo também tem o mesmo sistema de moral de Kotor, o que permite a você rejogar o jogo diversas vezes testando como as suas escolhas vão influenciar não só no seu personagem, mas na história do jogo.

Crimson Skies: High Road to Revenge

  • Desenvolvedora: FASA Studio
  • Ano de lançamento: 2002
PUBLICIDADE

Crimson Skies é um jogo de combate de aviões onde você vive uma versão alternativa dos anos 30 com visuais steampunk e combates em alta velocidade. O jogo ainda contava com servidores para combate online, e apesar desses terem sido fechados, ainda hoje é possível jogar o jogo e lobbies fechados até mesmo na versão retrocompatível para Xbox 360, One e Series.

Star Wars: Knights of the Old Republic

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: BioWare
  • Ano de lançamento: 2003
PUBLICIDADE

O ambicioso RPG da BioWare talvez seja o melhor RPG do Xbox Clássico. O jogo adapta o conjunto de regras de Dungeons and Dragons para o universo de Star Wars, somando a isso uma boa história e um sistema de moral onde você pode escolher entre seguir o caminho da luz ou tornar-se um sith. Um jogo que marcou gerações.

Star Wars Knights of the Old Republic II: The Sith Lords

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Obsidian Entertainment
  • Ano de lançamento: 2005
PUBLICIDADE

Desenvolvido pela Obsidian ao invés de a BioWare, Knights of the Old Republic 2 conta a história de um Jedi exilado que agora deve ajudar a reconstruir a ordem para derrotar os Sith. O jogo traz o retorno de sistemas do primeiro game e ainda que não tenha o brilho deste, diverte bastante.

Tom Clancy’s Splinter Cell: Chaos Theory

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Ubisoft
  • Ano de lançamento: 2005
PUBLICIDADE

Chaos Theory é um Splinter Cell bem mais sombrio que os seus antecessores, com uma ênfase maior no combate e dando a oportunidade de você executar seus prisioneiros após interrogá-los, algo que chocou muita gente na época. Até por isso, o jogo ganhou a classificação etária para maiores de 18 anos, então se você procura um jogo maduro no GameCube, um console que acabou marcado pela imagem de ser um videogame para crianças, esse é para você.

Amped: Freestyle Snowboarding

  • Desenvolvedora: Indie Built
  • Ano de lançamento: 2001
PUBLICIDADE

Amped: Freestyle Snowboarding é um jogo de snowboarding muito interessante para o Xbox que talvez tenha sido o primeiro a fazer o que viria a ser tentado futuramente por Steep: um jogo de surfar na neve em mundo aberto, com você decidindo o que faria no terreno oferecido pelo jogo. Além disso, o jogo ainda conta com diversos objetivos opcionais, como ajudar fotógrafos a tirarem as fotos perfeitas, achar homens das neves e coisas do tipo.

Tony Hawk’s Pro Skater 2x

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Neversoft
  • Ano de lançamento: 2000
PUBLICIDADE

Tony Hawk’s Pro Skater 2 é um dos melhores jogos de skate de todos os tempos, e o Xbox Clássico ganhou um remake do jogo no seu lançamento.

Nessa versão, o jogo conta com novos gráficos, alta resolução e 60 quadros por segundo, além de novas pistas, tendo sido considerada a versão definitiva do jogo de skate até os relançamentos recentes feitos pela Activision para PC, PS4, Xbox e Switch.

Call Of Cthulhu: Dark Corners Of The Earth

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

PUBLICIDADE
  • Desenvolvedora: Headfirst Productions
  • Ano de lançamento: 2005

Baseado na obra de HP Lovecraft, Call Of Cthulhu: Dark Corners Of The Earth é um jogo de survival horror onde você vive a história de um detetive particular que deve investigar uma cidade que se isolou do resto dos Estados Unidos e onde diversos acontecimentos sobrenaturais ocorrem.

O jogo conta com gameplay em primeira pessoa e exige que você tente ao máximo poupar munição contra os adversários, pois ela é extremamente limitada.

PUBLICIDADE

Metal Wolf Chaos

  • Desenvolvedora: FromSoftware
  • Ano de lançamento: 2004

Metal Wolf Chaos é um jogo completamente sem pé nem cabeça desenvolvido pela From Software. Esse é um jogo de tiro de robôs em terceira pessoa onde você controla ninguém menos do que o presidente dos Estados Unidos e deve impedir que uma facção militar comandada pelo vice-presidente tome conta do país. O jogo conta com ambientes destrutíveis, diversos tipos de inimigo e um combate frenético bastante divertido.

PUBLICIDADE

Dead or Alive 3

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Team Ninja
  • Ano de lançamento: 2001

Dead or Alive 3 é facilmente um dos melhores jogos da franquia, trazendo belos visuais, um sistema de combate muito divertido e toda a sensualidade que a franquia iria explorar cada vez mais no futuro. Pra quem gosta de jogos de luta tridimensionais, esse vale a pena.

PUBLICIDADE

Panzer Dragoon Orta

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Smilebit
  • Ano de lançamento: 2002

Panzer Dragoon Orta foi o último capítulo da franquia Panzer Dragoon lançada pela SEGA até então. Para quem nunca jogou um jogo da série, ele é um rail shooter onde você controla um dragão que voa pelos céus atirando em inimigos que tentam derrubar você. O jogo é bem divertido e conta com um gameplay muito divertido e uma bela direção artística.

PUBLICIDADE

OutRun 2006: Coast 2 Coast

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Sumo Digital
  • Ano de lançamento: 2006

Lançado originalmente no fliperama e depois convertido para o PS2 e então para o Xbox, Outrun é um daqueles jogos onde você tem que correr feito um maluco, derrapar nas curvas numa mecânica de drift extremamente satisfatória e mais um monte de desafios originais da versão de PS2.

PUBLICIDADE

Conker: Live & Reloaded

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Rare, Ultimate Play the Game
  • Ano de lançamento: 2005

Conker: Live & Reloaded é uma remasterização de Conker’s Bad Fur Day do Nintendo 64 para o Xbox original. Além do conteúdo do jogo de 64, o game ainda conta com um modo multiplayer que servia para mostrar ao jogador as possibilidades que a Xbox Live abria.

PUBLICIDADE

SSX3

  • Desenvolvedora: EA
  • Ano de lançamento: 2003

2003 ainda era um ano em que os jogos esportivos radicais estavam em alta, e SSX 3 é um dos melhores deles no GameCube. O jogo de snowboarding traz gráficos melhorados, novas manobras e uma série de outras melhorias em relação ao seu antecessor. Uma pena o gênero de esportes na neve ter praticamente desaparecido desde então.

PUBLICIDADE

Soulcalibur 2

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Project Soul
  • Ano de lançamento: 2002

Soulcalibur II é mais um daqueles jogos de luta excelentes que só a Namco sabe fazer. Toneladas de missões, armas, belos gráficos e trilha sonora e uma história bem divertida, e a versão do GameCube do jogo talvez seja a que mais faça sentido, já que ela conta com o Link de The Legend of Zelda como personagem exclusivo, enquanto as versões de PS2 e Xbox contam respectivamente com Heihashi de Tekken e Spawn, sim, aquele personagem das histórias em quadrinho.

PUBLICIDADE

Doom 3

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: id Software
  • Ano de lançamento: 2003

Doom 3 não chegou a impressionar tanto assim os fãs puristas da franquia quando foi lançado, mas depois de tantos anos as opiniões sobre o jogo amoleceram um pouco. O jogo é muito mais focado no terror do que na ação característica dos primeiros dois jogos da série. Nele, você controla novamente um Marine espacial que tenta impedir que uma invasão do inferno que começou em Marte chegue ao Planeta Terra.

PUBLICIDADE

Star Wars: Battlefront II

  • Desenvolvedora: Pandemic Studios
  • Ano de lançamento: 2005

Star Wars: Battlefront II é o jogo que todo fã de Star Wars sonhou por anos, principalmente a jogar Battlefield pela primeira vez: um jogo de tiro de exércitos focado no universo de Star Wars com a possibilidade de você ser um membro da resistência enfrentando os stormtroopers, ou ainda controlar um robô do império ou as naves da franquia. O jogo era extremamente divertido de se jogar, ainda mais em grandes grupos, e é uma pena que a franquia morreu depois desse título e não retornou da forma como merecia com a EA comandando ela, mas esse jogo certamente merece um lugar na nossa lista dos melhores jogos do Xbox Clássico.

PUBLICIDADE

TimeSplitters 2

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Aspyr Media
  • Ano de lançamento: 2002

TimeSplitters 2 é um bom jogo de tiro em primeira pessoa onde você deve impedir que os TimeSplitters baguncem com as diferentes eras da humanidade. O jogo tem 10 fases que se passam em diversos períodos como o Velho Oeste e o Futuro. Um jogo bem divertido para a época.

PUBLICIDADE

Star Wars: Republic Commando

  • Desenvolvedora: Free Radical Design
  • Ano de lançamento: 2005

Republic Commando é um jogo de tiro no mundo de Star Wars situado dentro das Guerras Clônicas. No jogo, você controla uma tropa de Clone Mandos e deve cumprir uma série de missões. O jogo tem claras inspirações em Halo e Metroid Prime, e ainda que não seja lá muito original, é mais uma prova de que o Xbox foi a casa do FPS nessa geração.

PUBLICIDADE

Half-Life 2

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Valve
  • Ano de lançamento: 2007

Half-Life 2 é um dos melhores jogos de todos os tempos, e o fato dele rodar no Xbox Clássico é algo impressionante por si só. O jogo conta com armas futuristas, uma excelente campanha e puzzles na medida, resultado num dos melhores jogos do gênero até hoje.

PUBLICIDADE

GTA Vice City

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Rockstar
  • Ano de lançamento: 2002

Inspirado no filme Scarface, GTA Vice City é um jogo extremamente divertido que conta com o mesmo gameplay de GTA 3 e GTA San Andreas. O jogo se passa numa versão fictícia de Miami onde você controla o personagem Tommy Vercetti, que aos poucos vai construindo o império do crime dele. Um jogasso.

PUBLICIDADE

Beyond Good and Evil

  • Desenvolvedora: Ubisoft
  • Ano de lançamento: 2003

Um daqueles jogos que não receberam tanta atenção quando deveriam no seu lançamento. Em Beyond Good and Evil, você vive a história de Jade, uma fotojornalista que vive num planeta que está sendo atacado por uma raça alienígena que escraviza ou mata quem eles encontram. Depois de ser salva pela resistência, Jade parte numa missão para revelar a verdade sobre o DomZ. Um jogo bastante original e interessante.

PUBLICIDADE

Def Jam: Fight for NY

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: syn Sophia, EA
  • Ano de lançamento: 2004

Uma daquelas ideias completamente malucas que dão certo, Def Jam: Fight for NY é um jogo de luta entre rappers extremamente divertido e que ainda hoje serve como um daqueles jogos para reunir os amigos e trocar uns sopapos.

PUBLICIDADE

Shenmue II

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Sega AM2
  • Ano de lançamento: 2001

Shenmue II é a continuação direta do primeiro jogo, e além de algumas opções de qualidade de vida, como a possibilidade de você pular o tempo até que certos acontecimentos do dia chegue, o jogo não mudou tanto assim. Ainda assim, vale a pena pela continuação da história de vingança de Ryo.

PUBLICIDADE

Guilty Gear X2 #Reload

  • Desenvolvedora: Arc System Works
  • Ano de lançamento: 2002

Guilty Gear X2 #Reload conta com novos personagens e mecânicas de gameplay, ajudando assim a solidificar ainda mais essa nova série de luta. O jogo ainda conta com bons gráficos e é uma ótima alternativa para quem quer um jogo de luta diferente no Xbox.

PUBLICIDADE

Mercenaries: Playground of Destruction

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Pandemic Studios
  • Ano de lançamento: 2005

Mercenaries: Playground of Destruction é um jogo de tiro em terceira pessoa onde você é um soldado tentando impedir uma guerra nuclear entre Rússia, Coreia de Norte e mais três países. O jogo provavelmente não vai impressionar muita gente nos dias de hoje, mas para a época era bem divertido.

PUBLICIDADE

Oddworld: Stranger’s Wrath

Os 50 melhores jogos de Xbox Clássico

  • Desenvolvedora: Oddworld Inhabitants, Just Add Water
  • Ano de lançamento: 2005

Oddworld: Stranger’s Wrath é um jogo onde você controla um caçador de recompensas que está caçando foras-da-lei para pagar por uma operação que vai salvar a vida do personagem principal do jogo. Uma das características mais interessantes e malucas do jogo é que ele usa como munição seres vivos, como insetos e pequenos mamíferos. O jogo é bem bizarro, mas para quem gosta da série Oddworld é bem interessante também.

PUBLICIDADE

Silent Hill 2

  • Desenvolvedora: Konami
  • Ano de lançamento: 2001

Slient Hill 2 é com sobras o melhor capítulo da franquia de terror da Konami. No jogo, você controla James Sunderland, um homem que foi até Silent Hill após receber uma carta da esposa dele, que havia morrido há 3 anos. Depois de chegar na cidade, ele percebe que o lugar não é o mesmo que eles visitaram na viagem deles. Assim começa o pesadelo dele e facilmente um dos melhores jogos de survival horror de todos os tempos. A versão de Xbox do jogo não está exatamente no mesmo patamar técnico do que a do PS2, por incrível que pareça, mas ainda assim é muito boa.

PUBLICIDADE
Eric Arraché
Eric Arrachéhttp://criticalhits.com.br
Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.