Categorias: Anime

Novo livro de Avatar revela uma das mortes mais brutais da série

Apesar de Aang ser o Avatar mais famoso que se tem conhecimento, ele não foi o primeiro, muito menos o último. Na verdade o ciclo começou séculos atrás, e a cada vez que um avatar morria, um novo renascia e tomava o seu lugar.

Com tantos Avatares indo e vindo por ai, fica difícil saber todos os detalhes sobre a maioria deles. Porém, o livro mais recente baseado na série lançado no último mês detalha um pouco mais sobre a personalidade da Avatar Kyoshi, que ao que tudo indica, não era uma pessoa tão legal de se lidar.

O livro inclusive, tem o título de “The Shadow of Kyoshi” – ou A Sombra de Kyoshi em português -, que é uma sequência direta de Rise of Kyoshi. A princípio, Kyoshi foi uma Avatar que pretendia trazer o equilíbrio ao mundo a todo custo, e diferente de Aang, ela não costumava mostrar muita piedade para com seus inimigos.

A morte mais polêmica retratada no livro diz respeito à Yun, que por algum tempo acreditou ser o Avatar equivocadamente. Depois de perceber que na verdade Kyoshi era a nova reencarnação do Avatar, Yun criou uma imensa raiva pela humanidade e pela própria Kyoshi.

O livro mergulha no confronto entre os dois e mostra Kyoshi se desculpando com Yun por tudo que ele teve que passar ao longo da vida. Isso fez com que ele baixasse a guarda, e é ai que as coisas ficam um pouco brutais demais. Kyoshi aproveita o momento então, para dobrar água em gelo e parar o funcionamento dos pulmões e coração de Yun e assim, impedi-lo de dominar o mundo.

Apesar de impressionante, infelizmente o momento tem baixíssimas chances de um dia ser adaptado para a série principal, devido à alta dose de violência. Ainda assim, chama atenção por adicionar tons de cinza na história de Avatar, mostrando que nem sempre os mocinhos são feitos 100% de bondade.

Confira também:

Este website utiliza cookies