Anime

Novo episódio de Boruto levanta questionamentos sobre Konoha ainda utilizar tortura

Desde quando Boruto: Naruto Next Generations estrou o anime tem encontrado bastante dificuldade em conquistar uma sólida base de fãs, e um dos principais motivos para isso é a grande diferença do tom dessa nova história em comparação a série original.

Enquanto em Naruto clássico e no Shippuden os ninjas de Konoha precisavam lidar com guerras e ameaças que planejavam aniquilar a humanidade, em Boruto as coisas já estão bem mais calmas, com os novos ninjas dessa geração podendo desfrutar de um período de relativa paz.

Justamente por isso, o episódio 139 do anime acabou causando um pouco de estranhezas nos fãs, já que ele marcou o retorno de Ibiki Morino, personagem que foi bastante presente nos arcos do Exame Chunin, Ataque de Pain e durante a Quarta Guerra Mundial Shinobi. Naquela época, Ibiki era o comandante da Força de Tortura e Interrogação de Konoha, e nesse novo episódio foi confirmado que ele ainda manteve esse cargo.

Assim, o principal questionamento que surge com essa revelação é o motivo de Konoha ainda manter uma divisão especializada em tortura, ainda mais levando em conta que Naruto tem sido uma Hokage que sempre está buscando preservar e prolongar a paz da vila.

Embora o anime provavelmente não vá trazer nenhuma resposta para essa pequena inconsistência, podemos imaginar que talvez a Força de Tortura e Interrogação tenha assumido um novo papel similar ao da Anbu, que atualmente é liderada por Sai e principalmente no mangá ainda possui um papel bem importante.

Outra hipótese para a existência dessa divisão seria o fato de Naruto não ser inocente o suficiente para acreditar que essa paz existiria para sempre, e saber que eventualmente outra guerra pode acabar colocando em risco a vila.

Sendo a sequência direta da franquia Naruto, Boruto: Naruto Next Generations acompanha o crescimento de uma nova ageração de ninjas que trilha o seu próprio caminho enquanto os personagens que conhecemos na série original agora assumem o papel de pais e mentores.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll e ganha novos capítulos toda semana.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade