Anime

Jujutsu Kaisen – Está a inspiração para a criação do Sukuna

Jujutsu Kaisen foi um dos melhores animes deste ano, portanto conheça aqui a inspiração para a criação do Sukuna, o famoso rei das maldições que antagoniza a grande parte da história do anime.

Jujutsu Kaisen – Está a inspiração para a criação do Sukuna

Sukuna é baseado na figura de mesmo nome da mitologia japonesa: Ryōmen-sukuna. Ele é uma figura demoníaca / semelhante a um espectro descrita no Nihon Shoki, disse ter aparecido na Província de Hida (hoje Prefeitura de Gifu) nos tempos antigos, durante o reinado do Imperador Nintoku no século IV.

Ele foi descrito como um homem de força desumana, com uma cabeça de duas faces mais um total de oito membros, quatro braços e pernas respectivamente, que serviam a cada rosto. Empunhando uma infinidade de armas em suas muitas mãos (incluindo um arco, flecha e espada), ele aterrorizou vila após vila na antiga Hida, saqueando e deixando o caos em seu rastro. Isto é, até que um bravo comandante militar despachado pela Corte Imperial, chamado Takefurukuma no Mikoto, deu um passo à frente e pôs fim à tirania do monstro, expulsando-o de Hida.

Ryomen-sukuna era adorado por alguns como uma divindade secundária, e estátuas representando sua cabeça distintamente de duas faces ainda podem ser encontradas hoje em templos e santuários de Gifu.

Confira também:

Caso você não esteja familiarizado com a obra, Jujutsu Kaisen é um mangá escrito por Gege Akutami e publicado na Weekly Shonen Jump desde 2018. Que acompanha a história de Yuuji Itadori, um jovem estudante do ensino médio que vive com o seu avô na cidade de Sendai.

Embora tenha um talento natural para esportes, Yuuji não gosta muito de atletismo. E em vez disso resolve se juntar a um clube de pesquisa ocultista da sua escola, que em um determinado dia acabam entrando em contado com um dedo amaldiçoado.

Os novos episódios de Jujutsu são lançados oficialmente no Brasil todas as sextas-feiras pela Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade