Capítulo 67 de Dragon Ball Super revive AQUELE personagem que havia morrido

Com o lançamento do seu capítulo 67, o mangá de Dragon Ball Super finalizou oficialmente o arco do Prisioneiro da Patrulha Galáctica, mostrando as consequências do confronto contra Moro e já preparando a trama para o seu próximo arco, intitulado “Granola, o Sobrevivente”.

No entanto, uma das grandes surpresas desse capítulo ocorreu quando Goku, Vegeta, Majin Boo e Jaco estavam sendo homenageados pela Patrulha Galáctica por seus esforços em proteger o universo e derrotar Moro. Assim, após terem recebido as suas respectivas medalhas, uma última pessoa foi chamada para a celebração, Merus Ikanoichiyabosshi, o anjo que até então achávamos que havia desaparecido.

Com todos espantados e felizes pelo seu retorno, Vegeta questiona como ele está vivo, e Merus responde que realmente deixou de existir como anjo, mas agora ele vive como um humano.

Em seguida, vemos uma explicação um pouco mais detalhada de como isso ocorreu, quando Whis e Beerus foram ao encontro do Sumo Sacerdote (Daishinkan) alguns dias antes. Na conversa, o Daishinkan afirma que Merus realmente deveria ter sido extinto ao quebrar a Lei dos Anjos, mas permitiu que ele vivesse como um humano graças a intervenção de Shin, o Kaioshin do Universo 7, que estava disposto a sacrificar a própria vida para salvar Merus.

Por fim, o Sumo Sacerdote resolve aplicar a punição aos três envolvidos nessa confusão, com Beerus e Shin tendo que brincar de cavalinho com os dois Zenos.

Você pode assistir oficialmente todos os episódios lançados de Dragon Ball Super com legendas em português através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Confira também outras notícias de Dragon Ball Super:

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade