Categorias: Anime

Afinal, quão poderoso seria Gohan em Dragon Ball Z se ele continuasse a treinar sério desde a Saga Cell?

Gohan é um dos personagens mais complicados de Dragon Ball Z. Filho do protagonista Goku, tendo um dos maiores potencias para poder bruto da série e sendo responsável por alguns dos momentos mais marcantes de DBZ, a forma com que ele age deixa muitos fãs decepcionados.

Por não nutrir o mesmo desejo de encontrar lutadores mais poderosos ou ser o guerreiro mais poderoso do mundo, todo o treinamento que Gohan tem é reativo: uma ameaça aparece e ele tem que se esforçar para superá-la. Em nenhum momento a evolução de Gohan é ativa, ele só luta porque tem que lutar e nada mais.

Em tempos de paz, Gohan acaba se enferrujando tanto que ameaças que seriam anteriormente extremamente fáceis de se lidar acabam sendo muito problemáticas. Imaginávamos que, após enfrentar Cell, Gohan finalmente se tornaria responsável pela segurança da Terra e se esforçaria para manter sua forma física.

Porém, no começo da Saga de Majin Buu ele já estava mais fraco do que ao término da Saga Cell. Nem mesmo sua forma de SSJ2 ele conseguia alcançar novamente.  Até inimigos secundários como Dabura causavam problemas pra o filho de Son Goku enquanto ele não foi treinar com o Kaioshin e desbloqueou seu poder.

Mas o que mudaria se Gohan continuasse seu treinamento a sério, na mesma intensidade que Goku e Vegeta treinaram? Como seria diferente o poder de Gohan no começo de Dragon Ball Super?

Os poderes da versão “mística” de Son Gohan eram parecidos ou até maiores que os do Goku Super Saiyajin 3. Tanto que, em Super, após ter voltado a treinar, Gohan obrigou o pai a se tornar não apenas Super Saiyajin Blue, mas também utilizar o Kaioken 20x.

O desenvolvimento de Gohan seria parecido entre o final da Saga Cell e o final da Saga Buu de qualquer forma. Sim, ele atingiu muito rapidamente o nível Místico, mas só o fez com treinamento especial com uma criatura divina.

Vegeta, por exemplo, poderia treinou sozinho por vários anos, mas só atingiu o nível SSJB ao treinar com Whis, então não é apenas o tempo de treinamento que conta – mas sim como é esse treino e quem está guiando.

Tudo mudaria de verdade se, entre os quatro anos entre a morte de Majin Buu e a chegada de Beerus, Gohan tivesse treinado a sério. Isso porque Gohan seria mais poderoso que Goku – que até então não tinha superado seu nível de SSJ3. E provavelmente seria Gohan o escolhido para realizar o ritual de transformação para SSJ Deus.

Por fim, é importante lembrar que a forma “ultimate” ou “mística” é oficialmente nomeada como Saikyō no Senshi ou Guerreiro Mais Poderoso em tradução literal.

Gohan sempre foi um prodígio no controle de ki em Dragon Ball Z, e dada a oportunidade dele desenvolver seu ki divino, ele rapidamente se tornaria um dos guerreiros mais poderosos do Universo, talvez até mesmo podendo rivalizar Jiren sem o Instinto Superior.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

 

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies