Netflix e Facebook baixam qualidade dos vídeos para poupar internet no Brasil

O Facebook, Instagram e a Netflix vão reduzir a qualidade de imagem nas transmissões de vídeos no Brasil. Essa decisão foi tomada em prol de evitar uma sobrecarga nos serviços de internet durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19) e a redução da qualidade de imagem das transmissões será temporária.

A diminuição da qualidade de imagem na Netflix

Claro, os serviços continuarão fazendo streaming em Full-HD ou até mesmo 4K dependendo do caso, mas você pode perceber uma redução na qualidade da imagem.

Essa nova medida já foi aplicada no dia 23 de março na Netflix e permanecerá em vigor por, inicialmente, 30 dias. Essa medida tem como objetivo reduzir o tráfego de internet utilizado pelo serviço em 25%.

A Netflix fez quase a mesma coisa lá na Europa, onde os usuários ainda podem assistir séries e filmes em Full-HD ou 4K, mas com bitrate menor.

“Se você estiver particularmente atento à qualidade do vídeo, poderá notar uma ligeira diminuição na qualidade em cada resolução, mas você ainda terá a qualidade de vídeo pela qual pagou”, explica a Netflix em comunicado oficial.

Vale lembrar que o valor das assinaturas do serviço não será alterado em nenhum sentido.

A decisão do Facebook e do Instagram

O Facebook e o Instagram também decidiram diminuir a qualidade do streaming de vídeos na América Latina inteira (essa mesma medida já está valendo na Europa também).

“Para ajudar a aliviar as redes neste período de alta demanda devido à pandemia de Covid-19, vamos reduzir temporariamente a resolução em bits dos vídeos no Facebook e Instagram na América Latina”, explicou a empresa em comunicado ao site de notícias Reuters.

A Facebook acrescenta que eles querem “garantir que as pessoas possam permanecer conectadas… e continuaremos trabalhando com nossos parceiros para administrar qualquer limitação de transmissão de dados”.

Globoplay e Looke também reduzem a qualidade de streaming

A Globoplay também tomou uma iniciativa quanto a possível sobrecarga nos serviços de internet limitando o streaming à resolução HD, retirando assim as opções Full-HD e 4K. O mesmo vale para o G1, Globoesporte.com, GShow e Globosat Play.

Além disso o Looke afirmou que “adotará medidas para reduzir a transmissão de dados em função do aumento de consumo de vídeos pela internet devido à quarentena causada pelo combate ao coronavírus”.

Essa medida tomada por esses serviços de streaming (ou que comportam streaming) é bem compreensível considerando que o Brasil está em estado de quarentena e todos devem permanecer em suas casas para evitar o contágio do Covid-19. E com uma quantidade enorme de brasileiros em casa, é de se esperar que os provedores de internet sofram tentando dar conta de tantos usuários simultaneamente, mas se a qualidade de imagem desses serviços foi reduzida um pouco, todos os assinantes desses serviços continuarão podendo aproveitar vários filmes e séries durante essa quarentena.