Cinema e TV

Stranger Things – Entenda o que é o monstro devorador de mentes

O monstro devorador de mentes é o principal antagonista da segunda temporada de Stranger Things. Mas aifnal, o que ele é e qual a sua inspiração? Falaremos um pouco sobre isso hoje.

O monstro devorador de mentes em Stranger Things

Ele é uma entidade malévola que governa a dimensão paralela conhecida como Upside Down. O devorador de Mentes é um ser extremamente poderoso de origem desconhecida. Ele exerce o controle supremo de Upside Down, bem como das Demogorgons, gavinhas e Esfolados. Com intenção assassina, ele tenta repetidamente corromper Hawkins e o resto do mundo.

O Devorador de Mentes começou sua conquista para dominar o mundo em 1984, quando ele usou o Portal para espalhar o crescimento biológico tóxico de Upside Down sob Hawkins, além de possuir Will Byers e um exército de Demodogs para derrubar o Laboratório Hawkins. Eleven encerrou seu plano fechando o Portal e cortando a conexão entre os dois mundos, mas deixou uma parte do Devorador de Mentes presa dentro do mundo humano.

A parte do Devorador de Mentes permaneceu adormecida até ser redespertada em 1985 pela Hawkins Key. Em seguida, começou a esfolar vários humanos e ratos, alimentando-os com produtos químicos e derretendo seus corpos em poças de biomassa que seriam usadas para criar um novo corpo para dominar o mundo. O Devorador de Mentes quase teve sucesso em seu plano, mas sua encarnação física foi morta quando Joyce e Hopper invadiram o laboratório russo secreto e fecharam o novo portão, cortando a conexão mais uma vez.

O devorador de mentes original

Os Devoradores de mentes também são conhecidos como illithids no universo de Dungeons & Dragons, que foi o material original utilizado para criar o monstro de Stranger Things. Eles são criaturas conhecidas por sua busca de subjugar todas as outras raças. Eles controlavam impérios dimensionais por milênios e escravizavam raças humanoides.

confira também:

 

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade