Por que a dança da fusão de Goku e Piccolo não daria certo em Dragon Ball Z

Uma das técnicas mais interessantes de Dragon Ball é com certeza a da Fusão entre personagens. Apresentada durante o arco de Majin Boo, ela pode ser realizada de duas maneiras diferentes: através da famosa Dança da Fusão, ou através dos brincos Potara.

Mas o que aconteceria caso Goku e Piccolo tentassem realizar a dança da fusão?

Absolutamente nada. Na verdade, ambos os personagens chegaram a fazer a dança da fusão durante o arco de Boo, com a finalidade de mostra-la à Trunks e Gotens que mais tarde conseguiriam reproduzi-la e dar origem ao infame Gotenks.

O fato de não ter acontecido absolutamente nada é explicado na própria série, que deixa bastante claro que a dança da fusão só dará certo caso uma série de condições seja cumprida pelo interessados. O problema é que muitas vezes os fãs esquecem deste detalhe e passam a considerar que a fusão obtida pela dança funciona de maneira similar à fusão com os brincos Potara, que não exigem nenhum tipo de pré-requisito.

A dança não deu certo para Goku e Piccolo pois os dois não tinha nível o mesmo nível de força, nem configuração corporal equivalente. Também vale lembrar que os dois são de raças completamente diferentes, o que por si só já seria suficiente para explicar a ineficácia da dança de fusão.

Em alguns lugares é possível encontrar que a diferença de altura entre os dois também é motivo para impossibilitar a fusão pela dança. Porém não sabemos dizer se isso realmente faz sentido, já que Goku e Vegeta possuam uma significativa diferença de altura, e ainda assim, conseguem fundir-se em Gogeta.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.