One Piece – Afinal, Barba Negra poderia obter o poder de uma terceira Akuma no Mi?

Sendo um dos mais poderosos e misteriosos piratas de One Piece, Barba Negra é usuário de uma Akuma no Mi única do tipo Logia, a Yami Yami no Mi, ou também conhecida como Fruta da Escuridão, que o permite criar e controlar as trevas, além de anular o poder de outras Frutas apenas tocando nos seus usuários.

No entanto, durante os eventos finais do arco de Marineford, Barba Negra adquiriu por meios desconhecidos a Akuma no Mi do Barba Branca após a sua morte, a Gura Gura no Mi (Fruta do Terremoto), se tornando o primeiro personagem a possuir o poder de duas Frutas do Diabo.

Assim, por mais que a história de One Piece nunca tenha explicado exatamente como ele conseguiu fazer isso, uma teoria bastante popular dentro do fandom afirma que o vilão ainda irá adquirir o poder de uma terceira Akuma no Mi.

A base dessa teoria se concentra principalmente na Jolly Roger dos Piratas do Barba Negra, representada pelo crânio de três caveiras, que poderia ser uma espécie de foreshadowing dos seus três poderes. Paralelo a isso, como Barba Negra já possui uma Akuma no Mi do tipo Logia e outra do tipo Paramecia, teoricamente a sua terceira Fruta seria do tipo Zoan.

Variações dessa teoria vão ainda mais além e afirmam que Barba Negra está em busca de uma Zoan Mítica, especificamente a Fruta de Kaido, a Uo Uo no Mi – Modelo: Seiryu, que o permite se transformar em um dragão gigante. Mas embora os indícios de que isso possa acontecer ainda sejam bem vagos, levando em conta a ambição de Barba Negra, Kaido realmente pode ser o seu próximo alvo.

Confira também outras notícias de One Piece:

Lembrando que o anime de One Piece pode ser acompanhado oficialmente no Brasil e com legendas em português através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Victor Albuquerque

Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e séries, mas sempre atrasado com todos eles.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade