Novo capítulo de One Piece revela a mais perigosa Aliança Pirata já criada

No mundo de One Piece existem milhares de piratas espalhados por todos os mares e a grande maioria deles fazem parte de bandos independentes que não se aliam com ninguém.

Após o timeskip, porém, mais especificamente em Punk Hazard, vimos a primeira Aliança Pirata sendo criada e parece que tais alianças têm virado moda no mundo de One Piece e o capítulo mais recente da obra nos revelou uma nova aliança sendo criada e essa é de longe a mais perigosa de todas.

Atenção: Abaixo falaremos de spoilers do capítulo 954 de One Piece.

O capítulo 954 de One Piece começa diretamente de onde o capítulo 953 parou, sem dar aquela mudada de cena costumeira de Eiichiro Oda.

Após alguns eventos e revelações e como de costume, o capítulo 954 de One Piece encerrou com grande chave de ouro e explodindo a cabeça dos fãs.

Entenda:

Sim, a aliança de Luffy e os samurais estão lascados pois Big Mom e Kaidou também resolveram se unir!!

Como se um Yonkou não fosse problema suficiente, agora imagine o nível de destruição que dois Yonkous juntos com todos seus subordinados serão capazes de causar? Certamente a aliança Mink-Pirata-Ninja-Samurai terá muitos problemas na batalha que será travada em Wano em menos de uma semana.

One Piece conta a história de Monkey D. Luffy, um jovem com poderes de borracha cujo sonho é tornar-se o Rei dos Piratas.

Ao todo, o anime conta com quase 900 capítulos e ainda é exibido no Japão, sendo uma das séries mais populares de todos os tempos.

A história de Luffy e seus amigos pode ser acompanhada na íntegra no Crunchyroll, em japonês com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Willian Oliveira

Will, Bill, Willian, o nosso querido colaborador é conhecido de várias formas dentro do site. Bill escreve principalmente notícias de games e é um Sonysta declarado, mas nosso Sonysta oficial continua sendo o Leo, apesar de o Bill ser o mini-Leo, salvo pela falta de massa encefálica.

Publicado por