Anime

Afinal, o mangá de Attack on Titan pode ganhar uma continuação?

Embora o volume final do mangá de Attack on Titan esteja programado para ser lançado no Japão em 9 de junho, às páginas adicionais que estarão presentes no seu último capítulo já foram divulgadas, e com isso muitos fãs têm especulado sobre uma possível continuação do mangá.

O TEXTO ABAIXO POSSUI SPOILERS DO MANGÁ DE ATTACK ON TITAN!

O principal motivo para isso é o novo desfecho da história, que agora ocorre após um longo salto temporal, mostrando que a ilha de Paradis se desenvolveu tecnologicamente e foi destruída por uma guerra. Assim, depois de muitos anos, um jovem garoto encontra a árvore onde Mikasa enterrou Eren, que agora está bem maior e se parece bastante com a árvore em que Ymir recebeu os seus poderes de Titã.

Com esse novo final, além de uma leve mudança de tom, deixando mais claro que o ciclo de ódio pode continuar, a história termina com um grande cliffhanger, que realmente poderia ser utilizado para uma continuação. No entanto, isso é bem improvável.

Como comentado pelo próprio Hajime Isayama em uma entrevista recente, pelo fato da Bessatsu Magazine possuir um limite de 51 páginas por capítulo, essas 8 páginas adicionais são uma forma dele finalizar a última parte da história. Ou seja, a sua intenção não é necessariamente criar um gancho para uma continuação, mas sim entregar um desfecho mais condizente com a mensagem construída pela obra.

Obviamente, pelo sucesso alcançado por Attack on Titan, uma sequência até poderia ser de interesse da Kodansha, mas como também é revelado pelo autor nessa mesma entrevista, o seu desejo agora é só “andar por uma cidade pequena com um copo de saquê na mão”.

Você pode assistir oficialmente todas as temporadas do anime de Attack on Titan com legendas em português através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Confira também outras notícias de Attack on Titan:

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade