Categorias: Anime

Afinal, Moro tem sido um bom vilão em Dragon Ball Super?

Com o mangá de Dragon Ball Super adentrando no grande clímax do arco do Prisioneiro da Patrulha Galáctica, uma boa parte fandom da franquia já está ponderando sobre como foi a construção de Moro até o momento, principalmente se comparado com outros grandes vilões da obra de Akira Toriyama.

Caso você não esteja familiarizado, Moro é um feiticeiro ancestral com mais de 10 milhões de anos, que possui a capacidade de drenar a energia vital de praticamente qualquer ser vivo, conseguindo literalmente comer planetas inteiros. A magia de Moro é tão poderosa que no primeiro confronto contra Goku e Vegeta, ele facilmente conseguiu derrotou os dois no fatídico capítulo 46, quando muitos fãs acharam que os nossos dois queridos Saiyajins tinham morrido.

Assim, algo que não podemos reclamar do vilão é o seu nível de poder, que pode ser comparado até mesmo com as divindades do mundo de Dragon Ball, se é que o próprio Moro não pode ser considerado uma, já que existem várias teorias apontando que Moro talvez seja um Deus da Destruição de algum universo que foi apagado.

Já sobre a sua motivação, ela realmente pode ser considerada o ponto mais fraco do vilão, já que diferente de antagonistas como Freeza, que tem como objetivo se tornar o imperador do universo, Moro “apenas” deseja se tornar cada vez mais poderoso para enfrentar adversários cada vez mais fortes.

No entanto, embora não seja a motivação mais elaborada do mundo, ela acaba servindo ao seu proposito da história, e curiosamente também se relaciona com o objetivo de Goku, que sempre está atrás de lutar contra oponentes mais poderosos.

Partindo para a sua personalidade, Moro realmente não possui nenhuma característica muito chamativa, com a sua construção sendo o padrão dos vilões da série, mesmo que os seus atos de crueldade sejam comparáveis com os grandes antagonistas de Dragon Ball.

Dessa forma, podemos considerar que Moro até agora é um vilão mediano, tendo apresentado bastante potencial, mas que ainda não foi realmente aproveitado pela história. A nossa torcida é que o clímax desse arco possa entregar mais personalidade para ele e talvez trabalhar um pouco mais das suas motivações ou quem sabe até da sua verdadeira origem.

O anime Dragon Ball Super atualmente se encontra em hiato desde março de 2018, quando finalizou o arco do Torneio do Poder. No mangá, a história continua sendo contada normalmente em um novo arco que ocorre após os eventos do filme Dragon Ball Super: Broly.

O anime pode ser assistido na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies