Categorias: Anime

Afinal, como Dragon Ball pode resolver o problema dos níveis de força da sua história?

Embora Dragon Ball seja uma das franquias de maior sucesso da atualidade, a obra de Akira Toriyama sempre teve um pequeno problema para nivelar os seus personagens.

Além da não possuir um sistema de poderes mais objetivo que ajudaria a ranquear os lutadores, a partir do meio de Dragon Ball Z e consequentemente em Dragon Ball Super, Vegeta e Goku se tornaram tão poderosos que simplesmente fica impossível compará-los com qualquer um dos outros Guerreiros Z.

No entanto, resolver essa questão não é uma tarefa necessariamente difícil, e seria preciso “apenas” mexer um pouco na estrutura da história que estamos acostumados. Em primeiro lugar, como Goku e Vegeta basicamente já atingiram o nível de deuses, teríamos que ou frear a evolução deles, algo que dificilmente aconteceria, ou colocá-los em um nível diferente de força os separando dos demais lutadores.

Assim, as lutas e desafios dos nossos queridos Saiyajins ocorreriam apenas contra adversários tão poderosos quanto eles, talvez envolvendo os próprios Deuses da Destruição, Anjos, ou outra entidades divinas. Além disso, algo que já está acontecendo no mangá de Dragon Ball Super, é que a evolução de Goku e Vegeta não precisa ser exatamente igual, com cada um podendo desenvolver habilidades diferentes e igualmente poderosas.

No caso de Goku, teríamos o foco principalmente no seu Instinto Superior, enquanto Vegeta evoluiria a partir do domínio do Controle Espiritual, técnica que ele já está aprendendo no Planeta Yardrat.

Passando para os guerreiros da Terra, também teríamos que dividir os níveis de poder entre os meio-Saiyajins e os humanos normais. Dessa forma, Gohan, Goten e Trunks poderiam evoluir alcançando transformações em Super Saiyajin que já conhecemos, ou formas totalmente novas, como é o caso do Ultimate Gohan.

Já para lutadores como Yamcha, Kuririn e Tenshinhan, a melhor forma de aumentar os seus níveis de poder seria através de técnicas similares ao Kaioken, que fossem possíveis de ser dominada pelos lutadores terráqueos. Nesse cenário, os meio-Saiyajins e os lutadores da Terra poderiam enfrentar ameaças do mesmo nível que vimos em Dragon Ball Z, só que agora sem a ajuda de Goku e Vegeta.

O anime Dragon Ball Super atualmente se encontra em hiato desde março de 2018, quando finalizou o arco do Torneio do Poder. No mangá, a história continua sendo contada normalmente em um novo arco que ocorre após os eventos do filme Dragon Ball Super: Broly.

O anime pode ser assistido na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies