Anime

5 habilidades de Dragon Ball que nunca mais foram mostradas na série

Um dos aspectos mais interessantes de Dragon Ball clássico era a utilização de técnicas criativas por parte da maioria dos oponentes, que tornavam as lutas muito mais excitantes. Porém, com o passar do tempo, algumas destas habilidades nunca mais foram mostradas na série e praticamente cairam no limbo.

Por isso, hoje vamos te mostrar 5 habilidades de Dragon Ball que nunca mais foram mostradas na série (mas que deveriam!)

Clones

A utilização de clones era bastante comum durante Dragon Ball Clássico e o início de Dragon Ball Z. Porém, com o tempo, a habilidade foi simplesmente deixada de lado e hoje quase ninguém lembra que ela já existiu.

Na verdade, a série já se distanciou tanto deste tipo de habilidade que seria até estranho vermos Goku utilizando clones em Dragon Ball Super atualmente.

Telecinese

Não é todo mundo que consegue sair por ai movendo objetos com o poder da mente em Dragon Ball, mas as vezes aparece algum vilão com essa capacidade.

O mais notório de todos é Cell, que usou essa impressionante habilidade para montar o palco onde aconteceu o lendário Torneio de Cell.

Super Saiyajin Ultra

Ainda nos estágios iniciais do Super Saiyajin, Goku e Vegeta descobriram a variação “Super Saiyajin Ultra”, que modificava drasticamente a força e a forma do saiyajin, ao custo de sua velocidade.

Contudo, tão logo começaram a utilizar esta variação contra Cell, perceberam que ela não era lá essas coisas e que o sacrifício da velocidade era muito alto para se topar. Com o tempo ela nunca mais foi usada.

Quatro braços

Ter quatro braços era algo que chamava muita atenção na década de 90, principalmente se você era fã de Mortal Kombat. Mas em Dragon Ball o único lutador capaz de realizar esta façanha foi o outrora impressionante, Tenshinhan.

Apesar de o rapaz ter quase conseguido rasgar Goku no meio, não o vimos utilizar a técnica dos quatro braços novamente em Dragon Ball, o que foi uma pena.

Oito Braços

O que é mais impressionante do que quatro braços? Oito braços! Óbvio!

O problema desta técnica é que ela não faz com que Goku tenha oito braços de verdade. O que o pequeno garoto fazia era mover seus braços tão rápido, que dava a impressão de ter oito braços, permitindo que ele conseguisse se defender com muito mais eficácia dos golpes alheios.

Sabe o que é mais impressionante? Talvez esta seja a única técnica que voltou a dar o ar da graça em Dragon Ball Super, mais especificamente quando Goku atinge o nível do Instinto Superior.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão diante de um novo desafio: Granolah, o sobrevivente. Este personagem sofreu na mão dos Saiyajins a mando de Freeza no passado, e agora busca vingança.

Você pode acompanhar o anime de Dragon Ball Super na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Você também pode comprar o mangá de Dragon Ball Super na Amazon, com desconto e frete grátis (para Prime) em muitos dos itens.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade