Tumblr passará a proibir conteúdo adulto ainda esse mês

A rede social Tumblr, considerada uma das mais antigas da internet, anunciou nesta segunda-feira (03) uma grande mudança nas suas políticas de usuário, que agora passará a banir qualquer tipo conteúdo adulto relacionado a sexo ou nudez.

A companhia revelou que a partir do dia 17 de dezembro, fotos, ilustrações, vídeos e GIFs representando atos sexuais, genitálias masculinas e femininas serão completamente retirados da plataforma.

No entanto existem ainda algumas exceções. Representações artísticas como esculturas ou pinturas que apresentarem nudez não serão excluídas, o mesmo é valido para conteúdos relacionados a saúde, como amamentação e nudez como ato de protesto político. Nesses três casos as postagem serão mantidas.

Com essa nova política em vigor, o Tumblr enviará um e-mail para os criadores de postagem explícitas, alertando que elas serão definidas como privadas, ou seja, não poderão ser visitas por outras pessoas.

Para aquele que possuem blogs inteiros dedicados a esse tipo de conteúdo, ainda terão a chance de exportas as suas postagens antes que elas sejam completamente excluídas.

Embora o conteúdo adulto seja um dos pilares que ainda mantém grande parte do público na plataforma, recentemente o Tumblr foi removido da loja de aplicativos da Apple, por acusações de postagem envolvendo pornografia infantil.

Em uma postagem no blog oficial, o CEO do Tumblr, Jeff D’Onofrio, disse que todas essas mudanças levarão tempo para serem concluídas, mas as novas diretrizes foram feitas pensando em melhorias para a comunidade.

“Resumindo: Não há escassez de sites na internet que tenham conteúdo adulto. Então vamos deixar isso para eles e concentrar nossos esforços na criação de um ambiente mais acolhedor possível para nossa comunidade.”

Criada em 2007, o Tumblr era uma das poucas redes sociais que ainda permitia qualquer tipo de conteúdo adulto, no entanto, nos últimos anos a plataforma foi dominada por bots com a única função de floodar conteúdo pornográfico.

Desde o ano passado, quando foi adquirido pela Verizon, as diretrizes da plataforma já estavam sendo modificadas, passando a proibir pornografia de vingança, discursos de ódio e a glorificação a violência.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.