Monster Hunter Rise – Afinal, é melhor capturar ou matar os monstros?

Em Monster Hunter Rise, você pode capturar ou matar os monstros que você derrota. Porém, existem prós e contras nessas duas ações, o que deixa muitos jogadores confusos sobre qual dessas opções é a melhor. Então, nós do Critical Hits decidimos fazer esse post aqui, onde nós explicaremos se você deveria capturar ou matar os monstros de Monster Hunter Rise!

Confira mais posts de Monster Hunter Rise:

Afinal, é melhor capturar ou matar os monstros em Monster Hunter Rise?

O que você deve escolher depende do seu objetivo final. Então, confira alguns prós e contras de capturar ou matar monstros em Monster Hunter Rise:

  • Capturar – Usar este método é muito mais rápido e dará mais recompensas ao jogador no final de uma missão. Mas por outro o lado, você precisará reabastecer constantemente seu inventário com armadilhas e suprimentos a cada missão. Isso também pode impedir que você obtenha certas partes do corpo do monstro (como cauda, ​​chifres, etc).
  • Matar – Este método leva mais tempo e não dará ao jogador tantas recompensas no final. Mas por outro lado, assim você poderá focar na luta ao invés de se preocupar mais com o seu inventário do que com o monstro em si. Além disso, esse método permite que você obtenha partes dos corpos dos monstros com mais tempo de sobra.

Monster Hunter Rise é uma adição incrível à franquia Monster Hunter, que possíveis novidades super criativas que compensam totalmente a diminuição dos mapas comparados ao jogo anterior. O combate está mais dinâmico do que nunca, os novos monstros estão impecáveis e a trilha sonora continua espetacular. Apesar do foco do game ainda ser o multiplayer, Monster Hunter Rise fez várias alterações muito bem vindas para tornar a experiência singleplayer mais agradável e divertida, algo que a franquia estava precisando há muito tempo.

Monster Hunter Rise está disponível no Nintendo Switch.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade