Em outubro de 2018, o co-fundador e ex-presidente da Blizzard Entertainment, Mike Morhaime, anunciou que estaria deixando o seu atual cargo de liderança na companhia para se tornar um consultor estratégico da empresa.

Na época, não ficou muito claro qual seria a sua real função, mas agora um documento da SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) revelou que Morhaime deixará definitivamente a empresa que ajudou a fundar em abril deste ano.

Atualmente a Blizzard tem como presidente, J. Allen Brack, um dos executivos mais experientes do estúdio que já trabalhou como produtor de World of Warcraft.

“Conforme divulgado anteriormente, em 3 de outubro de 2018, Michael Morhaime assinou um contrato com a Activision Blizzard, Inc., segundo o qual ele forneceria assessoria estratégica para empresa no cargo de consultor. O emprego do Sr. Morhaime na empresa como consultor  estratégico será concluído em 7 de abril de 2019.”

Junto com Frank Pearce e Allen Adham, Mike Morhaim, esteve na Blizzard desde 1991, quando a empresa ainda se chamava Silicon & Synapse. Quando deixou o cargo de presidente, Morhaim expressou sua grande confiança em Brack, afirmando que a desenvolvedora estaria em boas mãos.

A saída oficial de Morhaim provavelmente não terá um grande impacto na empresa, no entanto é mais uma das grandes mudanças que estão ocorrendo nos cargos de lideranças na Activision. Na semana passada já tivemos Rob Kostich, antigo vice-presidente executivo de Call of Duty, que foi nomeado presidente da Activison e Humam Sakhnini ex-diretor financeiro da empresa que se tornou presidente da King Digital,

E isso sem falar no recente anúncio de que a Bungie se separará da Activision e assumirá o controle total da franquia Destiny.

Gostou do post? Curta nossa página no Facebook e receba todas as nossas últimas novidades!

Gostou? Compartilhe!


Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?