Games

Diablo 2: Resurrected – As Melhores Classes (e as Piores)

Quer saber quais são as melhores classes de Diablo 2: Resurrected? Então, esse é o guia certo para você! Como você já deve saber, a Blizzard lançou Diablo 2 em 2000 e, até hoje, o título é considerado um dos melhores CRPGs dos tempos modernos. O jogo se passa após os acontecimentos do primeiro Diablo e faz com que o jogador não elimine somente Diablo, mas também seus irmãos e seus companheiros Mephisto e Baal.

Dentro da sequência, você poderá escolher entre sete classes de personagens. Cada classe possui habilidades especiais e sua própria abordagem para a batalha. Além disso, cada uma torna a experiência do jogo única, pois adiciona o seu próprio toque. No entanto, não tem como evitar fazer a seguinte pergunta: quais são as melhores classes de Diablo 2: Resurrected?

Para saber a resposta para essa pergunta, montamos esse guia com todas as classes do game, da pior para a melhor. Confira abaixo!

As Melhores Classes de Diablo 2: Resurrected (e as Piores)

Neste guia, daremos mais detalhes sobre todas as classes do sucesso da Blizzard. As melhores classes de Diablo 2: Resurrected estarão por último, pois organizamos o guia da pior classe para a melhor. Portanto, você acompanhará a seguinte ordem:

  • Bárbaro;
  • Assassina;
  • Druida;
  • Amazona;
  • Feiticeira;
  • Necromante;
  • Paladino.

Bárbaro

O guerreiro toma a forma do Bárbaro em Diablo 2. Essa classe atua como Tanque em combates corpo a corpo e domina as batalhas que exigem confrontos físicos. Eles também atendem ao pedido de ajuda quando sentem a ameaça do Senhor do Terror.

Se esse guia tivesse como foco builds de suporte, o Bárbaro estaria em primeiro lugar. No entanto, sua capacidade solo não está no mesmo nível que os outros.

Árvore de Habilidades

Os Bárbaros usam o seu treinamento feroz para dominar os inimigos com um poder absoluto. Eles possuem táticas de combate cruéis, maestria de armas e gritos de guerra fabulosos para acabar com os inimigos com força bruta. As Árvores de Habilidades Bárbaras enfatizam esses elementos para permitir que um Bárbaro conquiste qualquer desafio.

  • Habilidades de Combate: O Bárbaro recebeu um treinamento severo para proteger o Monte Arreat desde a infância, o que faz com que eles resistam a quase todos os inimigos usando simplesmente a força. Por isso, essa Árvore de Habilidade enfatiza a capacidade de sobrevivência dessa classe, além de seu poder de ataque.
  • Maestria de Combate: Só porque um Bárbaro é excelente em combate corporal, isso não significa que ele não saiba usar armas. Todas as habilidades nesta Árvore de Habilidades são passivas que melhoram muito a potência de um Bárbaro ao empunhar uma arma. As skills adicionam melhor capacidade de sobrevivência ao Bárbaro, o que é maravilhoso para a sua gameplay.
  • Gritos de Guerra: A ferocidade de um Bárbaro está quase sempre associada aos seus famosos gritos de guerra. Nesta Árvore de Habilidades, um Bábaro tem acesso a Gritos de Guerra que concedem a ele várias habilidades, de buffs a ataques reais. Você pode assustar os oponentes, receber dano reduzido, aumentar a defesa e até se curar.

Assassina

As Assassinas entraram para o game na expansão Lord of Destruction. Elas vieram de uma ordem secreta e operam nas sombras. Essa classe evita o uso se magia e, ao invés disso, conta com equipamentos e armadilhas mágicas. Portanto, elas se especializaram em combate corpo a corpo com o uso de técnicas e habilidades especiais.

No entanto, jogar com um personagem de armadura leve é uma receita para o desastre – a menos que você jogue nas configurações mais fáceis. A maioria das builds fortemente armadas nem mesmo permanecem no alcance de combate corpo a corpo por muito tempo, já que podem sofrer sérios buffs negativos. Por esse motivo, essa classe ocupa o sexto lugar neste guia.

Árvore de Habilidades

As Assassinas receberam um treinamento notável de artes marciais e armadilhas, além de terem domínio sobre as suas próprias sombras a fim de eliminar os inimigos. Suas Árvores de Habilidades aproveitam esses talentos e dão a elas uma vantagem única para que elas nunca precisem usar magia.

  • Artes Marciais: A melhor arma de uma Assassina é o seu próprio corpo, e as artes marciais estão aqui para provar isso. Esta Árvore de Habilidade, então, faz com que a classe tenha mais possibilidade de rotação aos ataques corpo a corpo. Além disso, Assassinas treinadas o suficiente em artes marciais podem aplicar movimentos de finalização e habilidades de carga que combinam com o seu tipo de arma.
  • Armadilhas: Quando confrontadas com inimigos mágicos, as Assassinas podem usar Armadilhas para pegá-los desprevenidos. Essas Armadilhas melhoram a potência dessa classe no combate – e também têm o potencial de matar os adversários.
  • Disciplinas da Sombra: Para neutralizar os desequilíbrios da magia, as Assassinas treinam seu potencial psíquico. Essas habilidades demonstram o domínio dessa classe em ofuscação, manipulação de sombras e ataques letais. Há, ainda, uma skill que invoca um clone das sombras para lutar ao seu lado. Legal, né?

Druida

Assim como as Assassinas, os Druidas entraram na expansão Lord of Destruction. Eles se especializaram na manipulação da natureza e da vida selvagem, mesmo sendo parentes dos Bárbaros. Além disso, eles podem usar o poder do vento e das plantas ao seu redor e assumir a forma de animais.

O maior defeito do Druida é que ele é o tipo de classe “pau para toda obra, mestre em nada”. Eles não são capazes de invocar tão bem quanto um Necromante, não causam dano físico tão bom quanto a Amazona, e nem possuem habilidades mágicas comparáveis à Feiticeira. No entanto, a build do Vento é uma das melhores builds para um Druida e funciona muito bem em combates, o que o deixa na nossa quinta posição.

Árvore de Habilidades

Como são arautos da própria natureza, os Druidas têm acesso a uma ampla gama de habilidades. Além de seus relacionamentos únicos com os animais, eles também podem mudar de forma e controlar os elementos. Por isso, sua Árvore de Habilidades enfatiza essas vantagens, o que faz com que essa classe atue como um Tanque resistente e um suporte eficiente.

  • Habilidades Elementares: Os Druidas passaram anos aprimorando seus poderes naturais para dormar os elementos mais ferozes da natureza. Por isso, essas habilidades dão aos Druidas acesso aos efeitos naturais mais devastadores, dando-lhes controle sobre ventos fortes e chamas brutais. Se você usar os poderes certos, poderá transformar qualquer Druida em um caos da natureza.
  • Habilidades de Transformação: O domínio sobre a natureza do Druida permite que ele mude a sua forma física. Essa Árvore de Habilidade, então, faz com que eles se transformem em um lobo ou urso, o que garante vantagens únicas no processo. A forma do lobo tem velocidade de ataque mais rápida, enquanto a forma do urso desfruta de poder absoluto.
  • Habilidades de Invocação: Os Druidas também podem invocar outros habitantes da natureza para ajudá-los em suas missões. Esta Árvore de Habilidades faz com que essa classe convoque várias criaturas contra inestimáveis hordas de inimigos, o que aumenta ainda mais a sua força de batalha.

Amazona

A Rogue de Diablo retorna como a Amazona nesta sequência, servindo como especialista em longo alcance. Como nômades de ilhas tropicais, as Amazonas defendem suas florestas e casas de invasores com o domínio de suas armas. Elas usam arcos, bestas, dardos e até lanças para demonstrar suas proezas de combate.

Essa classe está no meio desta lista por um bom motivo. É difícil fazer uma build ruim, já que as armas terão um desempenho fantástico quando equipadas corretamente. Além disso, há uma mistura saudável de magia e dano físico aqui; nada que prejudique muito o jogo, e ainda é uma escolha mais segura para jogadores mais novos.

Árvore de Habilidades

Como são treinadas para o uso de artes marciais, as Amazonas possuem especialização em combate de médio e longo alcance. Por isso, suas Árvores de Habilidade destacam o uso de armas de cano curto e longo alcance, bem como um conjunto único de feitiços de combate.

  • Dardo e Lança: Este conjunto de habilidades especializa a potência da Amazona ao usar armas de médio alcance, o que fortalece os ataques de arremesso e estocada. Além disso, você também tem acesso aos mais diversos tipos de ataques com os dardos e a lança – e alguns deles impressionam.
  • Arco e Besta: Esta árvore, por outro lado, potencializa as armas de longo alcance. Sendo assim, ela não fornece novos ataques, mas amplifica flechas e outros tipos de armamento, adicionando novas habilidades neles. Essas novas vantagens assumem a forma de encantamentos, como uma flecha que desacelera o ritmo do outro jogador e outra que explode ao acertar o alvo.
  • Habilidades Passivas e Mágicas: Este conjunto colabora com outro treinamento especial da Amazona, enfatizando a necessidade que a classe tem de resistência para sobreviver aos demônios. Por isso, esta árvore adiciona vantagens de sobrevivência, como a evasão. Isso faz com que a Amazona seja um Tanque útil no momento da batalha, já que ela ficará bem protegida de inimigos mais fortes.

Feiticeira

A Feiticeira participa de um dos clãs mágicos mais poderosos do Santuário. Ela é uma mestre dos elementos e capaz de acumular poderes de fogo, raio e gelo, o que a ajuda a dominar facilmente o campo de batalha.

Pode-se dizer que a Feiticeira é uma das melhores classes do jogo. Sua build Relâmpago é a mais rápida de todo o jogo mesmo nas dificuldades mais difíceis, mas há um porém: se ela tiver o azar de se deparar com monstros com resistência mágica ou imunidade à magia, ela terá muitos problemas.

Árvore de Habilidades

Graças ao seu domínio mágico, a Feiticeira tem acesso aos feitiços mais ferozes que os elementos têm a oferecer. Seu controle sobre o fogo, o relâmpago e o frio permite que a Feiticeira comande a própria matéria da natureza e lance-a na forma de feitiços poderosos.

  • Feitiços de Fogo: Talvez o mais prejudicial de todos os feitiços, os encantamentos de fogo fazem com que qualquer inimigo queime até as cinzas. Alguns feitiços promovem danos pesados, enquanto outros dão uma boa assistência de defesa, como buffs e cura.
  • Feitiços de Relâmpago: Se o fogo causa dano, o relâmpago distribui efeitos elementais únicos. Sim, eles possuem uma capacidade de dano, mas também contam com características úteis, como o teletransporte móvel e o escudo de energia defensivo.
  • Feitiços Frios: Você pode considerar estes os feitiços mais fracos em termos de poder de dano, mas eles possuem o maior potencial de defesa. Alguns servem como ataques mais potentes, mas os mais úteis podem reduzir a armadura inimiga e neutralizar os ataques dos adversários.

Necromante

Necromantes estudam o “Grande Ciclo do Ser”. Por isso, estes magos lentamente aprimoraram o poder que liga a vida e a morte, e podem trazer os mortos de volta à vida. Graças a esse treinamento, os Necromantes são calculistas e pragmáticos, e usam de tudo ao seu alcance para eliminar ameaças. Portanto, eles usam maldições, feitiços e até os próprios mortos como suas armas.

Ele é um personagem que pode ter uma build e invocador ou veneno; sendo assim, é impossível contra-atacar o Necromante no mesmo nível. Existem apenas quatro maneiras de quebrar a imunidade dos inimigos e essa classe possui as quatro, incluindo maneiras de quebrar a imunidade física e mágica. Do início ao fim, o Necromante costuma ser mais forte do que a concorrência.

Árvore de Habilidades

Como tem controle sobre a vida e a morte, o Necromante pode usar magias proibidas para manter o Grande Equilíbrio. Por conta disso, suas Árvores de Habilidades dão aos Necromantes acesso a magias que ressuscitam os mortos, envenenam os inimigos e até mesmo amaldiçoam os adversários com condições debilitantes.

  • Feitiços de Invocação: Talvez o “pão com manteiga” dos Necromantes, esses feitiços fazem com que a classe convoque as forças dos mortos. Por meio dos cadáveres, os Necromantes chamam esqueletos de vários tipos para atacarem em seu nome. Com a build certa, um Necromante pode contar com essas criaturas para causar dano enquanto eles preparam e distribuem seus feitiços mais potentes.
  • Feitiços de Veneno e Proteção: A abordagem de um Necromante, quando falamos de magia, se baseia nas artes mais sombrias; ou seja, eles usam veneno para promover danos constantes e ossos para protegê-los. Os feitiços ofensivos são bastante potentes, enquanto os defensivos melhoram – e muito – a capacidade de sobrevivência de um Necromante.
  • Maldições: Necromantes usam seu controle sobre o equilíbrio entre a vida e a morte para amaldiçoar seus oponentes. Embora essas maldições não causem dano direto, elas promovem prejuízos que dão vantagens aos Necromantes. Elas podem enfraquecer naturalmente o adversário, diminuindo o seu dano, e até obrigá-los a fugir, já que existem maldições eficientemente mortais.

Paladino

Cavaleiro e sacerdote, os Paladinos defendem a terra das forças do mal com seu treinamento militar e fé. Infelizmente, uma guerra civil dentro da ordem dos Paladinos forçou o seu personagem a se aventurar pelo Oeste em busca dos Prime Evils para derrotá-los de uma vez por todas. Por isso, os Paladinos usam armas que ajudam a destruir sues inimigos e auras, o que faz com que eles dominem o combate facilmente.

Existem boas builds para Paladino em Diablo 2, mas a melhor de todas é a “Hammerdin”. Com ela, você demore um pouco para equipar Runewords muito particulares, mas uma vez que os jogadores tenham o que precisam, é difícil argumentar contra o Paladino.

Árvore de Habilidades

Os Paladinos usam a sua conexão com a Luz para imbuir suas habilidades com as bênçãos dos Céus. Como resultado, eles liberam Auras que ajudam os aliados e repelem os demônios, bem como promovem seus ataques assim como a ferocidade dos Anjos. Suas Árvores de Habilidade não só demonstram essas proezas, como também seu treinamento marcial.

  • Habilidades de Combate: O treinamento marcial do Paladino tem como foco a espada e o escudo. Portanto, essas habilidades fazem com que o ataque corpo a corpo da classe tenha magia sagrada, o que promove efeitos interessantes. Os Paladinos podem, por exemplo, causar dano aos mortos-vivos, curar aliados e disparar ataques poderosos com danos elementais, o que é bastante útil no campo de batalha.
  • Auras Ofensivas: Quando um Paladino usa magia Sagrada, eles liberam uma Aura que pode prejudicar seus inimigos. Cada uma de suas Auras ofensivas causa dano de maneiras únicas, como chamas ardentes e a possibilidade de retornar o dano aos atacantes.
  • Auras Defensivas: Quando um Paladino imbui suas palavras de sabedoria com magia sagrada, suas Auras podem se tornar defensivas. Isso permite que essa classe defenda a si mesma e seus aliados por meio de bênçãos que melhoram suas habilidades. Assim como as Auras ofensivas, as Auras defensivas não exigem Mana para permanecer ativas. Algumas permitem que o Paladino se cure muito mais rápido, enquanto outras atenuam o dano.

Essas são as melhores classes de Diablo 2: Ressurected! E aí, qual será a sua escolha?

Confira também:

Para saber mais sobre Diablo 2: Resurrected, confira o site oficial do jogo e o site de imprensa do jogo.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade