Categorias: Games

20 anos depois, alguém conseguiu quebrar o DRM do SEGA Saturn

O SEGA Saturn marcou história por basicamente duas coisas: ter excelentes jogos bidimensionais num mercado que estava começando a ser dominado pelos jogos tridimensionais e por ter sido o console que iniciou a derrocada e consequente saída da SEGA do mercado de hardware.

Como o console já tem 20 anos, é difícil encontrar peças de reposição para ele, caso você prefira jogar no console ao invés de usar um emulador. Para contornar esse problema, Laird-Wah começou a trabalhar numa solução para isso: uma forma de fazer o Saturn carregar jogos por meio de um pendrive. Três anos depois, ele conseguiu.

Wah começou a mexer com o Saturn em 2013 e o principal objetivo dele era desenvolver homebrew para o console. Como a única maneira de fazer isso seria com um modchip e gravando CDs, ele decidiu que seria uma boa hora de alguém finalmente achar uma forma de fazer jogos de Saturn funcionarem por meio de um pendrive, e assim começou a aventura para quebrar o DRM do Saturn.

O que tornou tão difícil essa quebra é o fato de o Saturn checar os discos por uma marca especial que vinha nos CDs originais. Depois de conseguir enganar o console, a próxima parte do projeto foi criar um emulador de drive de CD para funcionar via USB. Vencidos esses passos, o console começou a funcionar dessa forma:

Muito legal, não? Esse não é o primeiro trabalho de Wah, ele também trabalhou num cartucho especial para o Game Boy (semelhante aos R4 de Nintendo DS) chamado de Drag and Derp. Mais sobre ele pode ser lido aqui.

E mais sobre o processo de quebra do DRM do Saturn pode ser conferido aqui:

Este website utiliza cookies