Meliodas de Nanatsu no Taizai não é um grande herói e eis o motivo

Nanatsu no Taizai é um shonen bastante popular entre os animes, e Meliodas é o protagonista intitulado como herói. Mas ele não é tão heroico assim e nesse texto iremos discutir mais sobre isso.

O Meliodas é um personagem bem diferente dos outros protagonistas de Shonen, ele tem motivos muito mais egoístas para ser quem ele é e ajudar as outras pessoas, fazendo dele mais um anti-herói do que um herói em si.

O motivo de Meliodas não ser um herói em Nanatsu no Taizai

Um dos pontos positivos do Meliodas é que ele consegue ver o bem que existe nas outras pessoas, mesmo não transparecendo diretamente. Basta dar uma olhada no grupo que ele formou e você consegue ver isso claramente. Ban é um ótimo exemplo disso, uma pessoa boa com muitos problemas, mas Meliodas conseguiu ver quem ele é de verdade e se juntou aos pecados.

Mas o próprio Meliodas não pode ser considerado uma pessoa boa também. Diferente de outros protagonistas de Shonen que querem sempre o melhor para todo mundo e buscam se tornar um líder que ajude o seu povo (Naruto é um ótimo exemplo disso).

Meliodas é totalmente entrelaçado com seus motivos egoístas de salvar a Elizabeth, ele não fez tudo que aconteceu no anime pelo bem de uma nação ou do seu povo. Ele fez apenas porque era a única maneira de salvar a Elizabeth, o grande amor da sua vida. E ele o fez não pelo bem do próximo, e sim pelo seu próprio bem, para não sofrer a perda de alguém amado. E isso fica bem claro várias vezes durante o anime quando ele se torna implacável quando ameaçam esse objetivo egoísta dele.

Existe uma virtude em lutar por alguém que você ama, mas atropelar qualquer um que esteja em seu caminho, mesmo que essa pessoa seja boa. É mais uma atitude de um anti-herói do que um herói propriamente dito.

E também existe um dos lados mais negativos e obscuros que o Meliodas carrega, o assédio. Elizabeth é constantemente vitima de assédio do Meliodas do inicio ao fim da história, e ele faz isso como um alivio cômico, como se não tivesse mal nenhum nas ações dele.

Logo no inicio da história a Elizabeth depende dele para sobreviver, e ele fica se provando um assediador imenso em qualquer oportunidade que ele tem para fazer isso.

Seven Deadly Sins – Nanatsu no Taizai é uma adaptação do mangá escrito e ilustrado por Nakaba Suzuki.  O mangá começou a ser serializado na revista Weekly Shonen Magazine da Kodansha em outubro de 2012 e já conta com mais de 300 capítulos.

O mundo de Seven Deadly Sins apresenta um cenário semelhante ao da Idade Média Europeia, com um grupo principal de cavaleiros que representam os sete pecados capitais.

Atualmente, o anime conta com duas temporadas concluídas que podem ser conferidas na Netflix e uma terceira em exibição no Japão.

Valteci Junior

Valteci Junior é editor no Critical Hits

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade