Este seria o momento em que Naruto morreria se não fosse um personagem protegido pelo protagonismo

Naruto é o protagonista da série e quanto a isso ninguém tem dúvidas. Contudo, o problema é que isso acaba criando uma espécie de “armadura” em torno do personagem, protegendo-o de uma série de problemas e ameaças.

Mas caso Naruto não fosse protegido pela “armadura do protagonismo”, em qual momento ele teria morrido na série?

Sabemos que Naruto tinha a característica de se arriscar desnecessariamente ao longo de suas aventuras, e por mais que na maioria das vezes acabasse levando sérios danos no meio do caminho, não dá pra dizer que na maioria das ocasiões os danos eram letais.

Mas as coisas mudam completamente durante a luta contra Sasuke no Vale do Fim. Isso porque Sasuke acaba atravessando o peito de Naruto em um local extremamente próximo ao coração.

Sendo assim, é possível acreditar que se ele não fosse o protagonista da série, provavelmente ficaria muito mais forçado arranjar meios de dizer que Naruto teria encontrado meios de sobreviver, ou de que o golpe não causou danos letais.

Afinal de contas, estamos falando de um rombo no peito, da grossura da um braço. Quem poderia sobreviver a isso, sair andando e sequer ficar com cicatrizes visíveis – sem ser o protagonista de qualquer história que seja?

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime prepara o terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade