Anime

Este é o motivo pelo qual Goten não cresce em Dragon Ball Super

Durante a saga de Majin Buu, Dragon Ball Z introduziu o filho mais novo de Goku, Goten. A premissa era emular um sentimento de nostalgia nos fãs da série, tentando trazer de volta os bons e velhos tempos de quando Goku ainda era criança. Mas afinal, por que mesmo com o passar do tempo Goten não cresce?

Este detalhe não passou desapercebido pelos fãs, que já chegaram a acusar o criador de Dragon Ball, Akira Toriyama, de ter “esquecido” do crescimento de Goten e Trunks em Dragon Ball Super. Mas será mesmo?

A verdade é que tudo isso tem uma certa justificativa dentro do cânone da série. Em teoria, os saiyajins possuem um desenvolvimento diferente dos humanos, o que explicaria sua maior longevidade, o fato de parecem jovens por muito mais tempo.

Pegando Goku como exemplo, ainda na fase clássica, percebemos que mesmo aos 16 anos ele ainda era muito menor do que Kuririn, tendo alcançado a idade adulta somente depois de chegar aos 18.

Algo parecido pode ser visto no final de Dragon Ball Z – que se passa alguns anos após a morte de Majin Buu, quando Goten enfim se desenvolve por completo quando atinge 17 anos.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade