Entenda por que os Saiyajins do Universo 6 são mais fortes em Dragon Ball Super

Um das novidades mais interessante trazidas por Dragon Ball Super é o conceito de multiverso, o que acaba introduzindo muitas mudanças em detalhes que considerávamos como imutáveis. Um deles por exemplo, é o fato de que o Saiyajins do Universo 6 são mais poderosos do que os do Universo 7. Mas por que isso acontece?

A série não chega a explicar o motivos da diferença de poder entre os saiyajins dos dois universos explicitamente, mas nos dá algumas pistas interessantes. Por exemplo, em determinado momento do primeiro Torneio do Poder, Kyabe nos revela que em seu universo, os saiyajins perderam a cauda como parte de um processo natural de evolução.

Isso mostra como detalhes aparentemente normais afetaram drasticamente o desenvolvimento dos saiyajins em seus respectivos universos. No Universo 6, por exemplo, as coisas parecem ter dado mais certo para os saiyajins uma vez que eles continuam morando em seu planeta natal – o Planeta Salad, e não passaram por grandes crises como no Universo 7.

Dessa forma, o argumento de os Saiyajins do Universo 6 puderam continuar desenvolvendo-se em seu planeta natal e desenvolver suas habilidades numa gravidade ideal é totalmente plausível para justificar o imenso ganho de poder que vimos sendo demonstrado por Kale e Caulifla em Dragon Ball Super.

Confira também:

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Vale ressaltar, entretanto, que o mangá continua sendo publicado mensalmente com aventuras inéditas.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas. Este novo inimigo tem como objetivo fortalecer-se e então consumir a energia de todo o universo.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade