É possível sobreviver ao Chidori em Naruto Shippuden?

O Chidori é uma técnica de assassinato desenvolvida por Kakashi Hatake enquanto ele tentava aprimorar o Rasengan. Ela funciona basicamente fazendo o usuário concentrar uma grande quantidade de chakra em forma de relâmpago nas mãos, energia essa que o usuário utiliza para golpear o oponente com um imenso poder de penetração. Mas é possível sobreviver ao Chidori?

Uma vez que a vítima não conseguiu escapar e tenha sido atingida, é muito complicado. O resultado geralmente é um empalamento, com o usuário atravessando o corpo da vítima com o braço inteiro, causando um imenso buraco.

O ataque é geralmente direcionado para o tronco da vítima, o que faz com que ela eventualmente morra devido ao sangramento ou devido ao gigantesco trauma aos órgãos internos e também pela carga elétrica do golpe.

A técnica geralmente faz com que o usuário se mova à altíssimas velocidades para atacar, mas mesmo quando isso não acontece, a vítima ainda pode ser perfurada – como Naruto foi após Sasuke atacá-lo quase sem nenhum momentum.

A única forma de sobreviver à um ataque bem sucedido do Chidori é ter uma regeneração absurda como Naruto tinha ou ser curado de maneira muito urgente por um ninja médico extremamente capacitado (como Tsunade ou Sakura). E isso apenas se o ataque não obliterar algum órgão vital como o coração.

Ou, claro, se você simplesmente for mais resistente do que o golpe, como o Quarto Raikage demonstrou para Sasuke.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade