Anime

Dragon Ball Super revela o motivo dos Androides 17 e 18 terem sido chamados para lutar contra Moro

O atual arco do mangá de Dragon Ball Super apresentou como o seu principal antagonista o poderoso mago Moro, capaz de manipular magia para drenar a energia vital de qualquer ser vivo. Essa habilidade é tão devastadora que o vilão facilmente conseguiu derrotar Goku e Vegeta antes mesmo de recuperar todos os seus poderes.

Agora, no capítulo 56 do mangá, o arco está se aproximando do seu clímax, com Moro e seus capangas iniciando o ataque contra à Terra. No entanto, enquanto Vegeta e Goku ainda não retornaram do seu treinamento, a grande esperança dos Guerreiros Z pode ser justamente os Androides 17 e 18, que chegaram já nas últimas páginas do capítulo para ajudar Piccolo e Gohan na luta contra o Androide 73

Como os Androides não possuem Ki, o 17 e a 18 simplesmente não foram afetados pela tentativa de drenar energia do Sete-Três, e consequentemente poderiam enfrentar Moro sem precisar se preocupar com esse problema.

“Não possuem Ki? O que ele quer dizer?, questiona Shimorekka.
“É mesmo! Sendo um humano artificial, não há energia que o Sete-Três possa Absorver…! Bem pensado Piccolo!”, afirma Jaco.

Nessa mesma cena, a 18 ainda revela que o principal motivo para ela se envolver nessa luta é que a Corporação Capsula está oferecendo 10 milhões de Zens para os dois derrotaram os vilões, e por isso ela deseja acabar logo com o trabalho para já receber o seu pagamento.

Enquanto o anime de Dragon Ball Super ainda está em hiato, o mangá continua avançando normalmente no arco do Prisioneiro da Patrulha Galáctica, que se passa após os eventos do filme Dragon Ball Super: Broly, acompanhando Vegeta e Goku tendo que lidar com o poderoso vilão Moro.

O anime pode ser assistido na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

 

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade