Dragon Ball Super está trazendo de volta aspectos da fórmula de DBZ

Embora o anime de Dragon Ball Super esteja em hiato há mais de dois anos, o universo canônico da obra de Akira Toriyama tem sido bastante expandido no seu mangá, especialmente no atual arco, intitulado “Prisioneiro da Patrulha Galáctica”. Além de ter introduzido o poderoso vilão Moro, o arco tem mostrado Vegeta e Goku aprimorando ou até adquirindo novos poderes, e o melhor de tudo é que vários aspectos remetem diretamente ao auge de Dragon Ball Z.

Logo de cara, uma das características que mais lembra DBZ é a presença de um grande vilão que realmente parece impossível de ser derrotado. Se lembrarmos de Freeza, Cell e Majin Boo, considerados os três grandes antagonista da franquia, todos eles forçaram os personagens a elevarem o seu nível de poder simplesmente por serem fortes demais em comparação com todos os outros lutadores.

No caso de Dragon Ball Super, isso ficou ainda mais claro quando Moro ainda sem ter recuperado todos os seus poderes conseguiu nocautear Goku e Vegeta a ponto de muitos acreditarem que eles haviam morrido, o que rapidamente o coloca em uma seleta categoria de vilões. Outra característica que também vale ser citada é que após essa imensa demonstração de poder, Moro praticamente deu um tempo para que Goku e Vegeta aprimorassem as suas técnicas, algo praticamente idêntico ao que foi feito por Cell ao permitir que os Guerreiros Z treinassem antes do início do seu torneio.

Na verdade, o próprio Moro possui diversas similaridades com Cell, incluindo na “forma” do seu Ki, que foi descrito por Gohan no capítulo 57 como uma energia “horripilante que parece o grito de sofrimento de incontáveis almas”. Uma descrição similar também foi atribuída ao Ki de Cell, justamente pela sua característica de absorver pessoas para se tornar mais forte.

Ainda temos referências bem mais claras a outros elementos apresentados originalmente em Dragon Ball Z, como Nova Namekusei, que era o novo lar dos Namekuseijin, e o Planeta Yardrat, que foi onde Goku aprendeu a sua técnica de Teletransporte e agora é o local onde Vegeta está treinando para desenvolver uma habilidade que seja capaz de afetar Moro.

Por fim, caso o arco continue se inspirando em elementos de DBZ, podemos esperar que agora no seu clímax alguns personagens importantes acabem se sacrificando na batalha final contra o vilão.

O anime Dragon Ball Super atualmente se encontra em hiato desde março de 2018, quando finalizou o arco do Torneio do Poder. No mangá, a história continua sendo contada normalmente em um novo arco que ocorre após os eventos do filme Dragon Ball Super: Broly.

O anime pode ser assistido na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

João Victor Albuquerque

Formado em Sistemas de Informação, que no final da faculdade resolveu se meter nesse mundo do jornalismo. Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e sempre atrasado com as séries.