Anime

Demon Slayer – A história da família do Inosuke é ainda mais triste que a do Tanjiro

Demon Slayer tem Tanjiro como protagonista e nós acompanhamos a triste história da sua família, mas quando conhecemos a de Inosuke fica claro que ele teve um passado ainda mais triste que o do protagonista.

Inosuke – Reprodução: Demon Slayer

Demon Slayer – A história da família do Inosuke é ainda mais triste que a do Tanjiro

É fato que a família Kamado sofreu muito em Demon Slayer. No entanto, Inosuke, um dos companheiros de viagem de Tanjiro e Nezuko, também tem uma história bastante difícil. Sob a máscara de cabeça de javali oco que ele usa – que se revela pertencer à sua falecida mãe adotiva javali – há muito mais do que um belo jovem de temperamento curto.

Inosuke sempre teve uma relação estranha com a humanidade. Por ter sido criado por javalis, ele não tem muita compreensão da interação humana normal. Embora isso mude nos episódios e capítulos seguintes de Demon Slayer, ele inicialmente pensa que qualquer um que se aproxime dele tem a intenção de atacar. Inosuke afirma não ter uma mãe humana em várias ocasiões, mas ele teve sim.

No capítulo #160 do mangá de Demon Slayer, intitulado “Similar Features, Returning Memories”, Doma, um poderoso Upper Rank Two, reconhece o rosto de Inosuke durante uma batalha. Para lembrá-lo exatamente, ele perfura seu próprio crânio e gira o dedo em torno de seu cérebro. Aparentemente, ele conhecia a mãe de Inosuke, Kotoha, já que o culto de Doma uma vez a acolheu.

Inosuke – Reprodução: Demon Slayer

Acontece que Kotoha estava em um relacionamento abusivo com o pai de Inosuke. No entanto, um dia ela não aguentou mais e fugiu com o filho, os dois foram levados por Doma e seu culto Paradise Faith. Doma diz a Inosuke que sua mãe cantava muito, principalmente uma canção de ninar chamada “promessa de dedo mindinho”. Parecia que mãe e filho estavam finalmente seguros e felizes. No entanto, quando Kotoha logo descobriu que Doma era um demônio e estava comendo alguns dos adoradores, sua felicidade se foi.

Ela correu para fora do templo de Doma com Inosuke e correu para tentar encontrar uma vila humana, mas acabou se perdendo e acabou na beira de um penhasco. Não vendo nenhuma rota de fuga e nada mais a fazer, ela desesperadamente jogou o bebê Inosuke no rio abaixo do penhasco na tentativa de salvar sua vida – e foi aí que Inosuke foi descoberto e criado por javalis. Kotoha foi então brutalmente assassinada por Doma. Enquanto Doma conta a trágica história, Inosuke se lembra da música que sua mãe costumava cantar e as memórias começam a voltar.

A história de Kotoha e Inosuke não apenas apresenta uma das histórias mais comoventes do anime, mas também mostra o poder do amor infinito de uma mãe. Doma afirma que Kotoha não teve um único momento feliz em sua vida. No entanto, é impossível para um demônio incapaz de sentir qualquer tipo de emoção, entender o quão feliz ela estava apenas por causa da existência de Inosuke.

Inosuke – Reprodução: Demon Slayer

Com isso, vimos que a história da família de Inosuke é tão trágica quanto a de Tanjiro, e ambos os garotos sofreram muito nessa vida.

Confira também outras notícias de Demon Slayer:

Demon Slayer pode ser conferido por completo na Crunchyroll.

Publicado por
Tags: Demon Slayer

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade