Criador de capa bizarra do Bluray de Naruto explica a intenção da arte

No começo de agosto, o fandom de Naruto esteve envolto em uma pequena polêmica por conta de um box especial da franquia lançada pela Viz Media, intitulado “Naruto Triple Feature Collector’s Edition”.

A grande discussão sobre esse box foi direcionada principalmente para a sua capa, que trazia uma espécie de versão ocidentalizada de Naruto que mudava drasticamente a aparência do seu rosto. Acontece que a arte da capa foi feita pelo famoso quadrinista Whilce Portacio, que já trabalhou em séries como O Justiceiro, Uncanny X-Men, Homem de Ferro e Spawn.

Agora, depois de toda a polêmica que a ilustração gerou, a Crunchyroll entrevistou Portacio para entender um pouco mais sobre qual foi a sua intenção e inspiração na criação dessa arte.

Inicialmente, Portacio fala sobre como foi o seu contato com a Viz Media e como tentou desenhar Naruto imprimindo o seu próprio estilo.

“Meu filho é um verdadeiro fã de Naruto, e a VIZ então me enviou alguns art books, mangás e três DVDs. Assistindo aos três DVDs, eu me apaixonei totalmente pelo personagem. Mas, curiosamente, do ponto de vista dos quadrinhos, do ponto de vista do herói, eu realmente queria interpretar à minha maneira. Como eu estou aprendendo agora – venho dessa coisa estranha em que fui exposto a anime e mangá nos anos 80, mas agora se tornou seu próprio fenômeno social – não sei nada sobre a cultura atual de mangá e anime. Então, eu abordei isso do ponto de vista que abordei todos os outros personagens que desenhei, fazendo minha própria interpretação.”

O ilustrador ainda fala sobre a reação exagerada da internet e de alguns comentários que o acusavam principalmente de contribuir para a cultura do ‘whitewash’.

“Você sabe, há alguns comentários que realmente machucam – você pode entender porque é um dos principais temas da sociedade, toda a coisa do mantra do white-washing –  essas são as que pessoalmente mais me machucaram. Eram pessoas dizendo que eu estava ajudando a ‘embranquecer’ Naruto. Mas eu criei o Bishop. Eu era conhecido nos círculos de quadrinhos por fazer rostos de minorias e coisas assim, e Naruto, verdade seja dita, ele não é um personagem com uma aparência tradicional asiática.”

“É interessante que alguns dos cometários negativos que li diziam ‘ele parece muito realista’. Mais uma vez, do lado pessoal , machuca qualquer um. Especialmente no lado criativo, você deseja ter a sua arte apreciada. Mas eu tento olhar para isso no macro, talvez esses sejam fãs muito fanáticos, e talvez eles não queiram coisas que vão além..”

Os animes de Boruto e Naruto podem ser assistidos na íntegra através da Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Confira também:

João Victor Albuquerque

Apaixonado por joguinhos, filmes, animes e séries, mas sempre atrasado com todos eles.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade