Anime

Como um ninja mediano poderia chegar ao nivel Kage em Naruto Shippuden?

Embora a mensagem de Naruto pareça ser que o trabalho duro compensa, não é exatamente assim que a banda toca de verdade na série. Os mais poderosos personagens, salvo raríssimas exceções, são aqueles que nasceram de clãs poderosos, receberam poderes imenso vindo de outras pessoas ou são literalmente reencarnações de entidades divinas. Se você fosse um ninja mediano, como você poderia se tornar um Kage, num mundo recheado de criaturas tão poderosas como os Uchiha, Otsutsuki e Jinchuuriki?

Esqueça de kekkei genkai. Ninjas medianos não tem nenhum Sharingan, Byakugan, etc. Suas reservas de chakra medianas também vão impedir que você se envolva com senjutsu.

Mas não tema: temos três exemplos dados na própria série de como um ninja de origem comum pode se tornar incrivelmente poderoso.

1- Controle de Chakra

Pode passar desapercebido para alguns fãs, mas o método mais “possível” é o que mais vimos na série. Sakura, uma das três personagens principais da série, vem de uma família com nenhum histórico ninja. E mesmo assim, através de sua determinação em dominar um de seus pontos forte (um controle de chakra um pouco acima da média), ela se tornou forte o suficiente para dar socos poderosos o bastante para afetar a criatura mais poderosa da série, Kaguya Otsutsuki.

Seriam anos de estudo e preparação, um provável foco na carreira médica pelo menos no início, mas certamente possível. Sakura não nasceu com nenhum kekkei genkai. Ela nem sequer tem técnicas secreta de clãs como os Yamanka ou Nara, mas ainda sim se tornou uma das kunoichi mais fortes de todos os tempos e certamente num alto nível Kage.

 

2 –  Taijustu

Outra resposta “óbvia” é o caminho do taijustsu. Não sendo necessário nem mesmo a capacidade de moldar chakra para realizar ninjutsu, ser capaz de dar socos que destroem montanhas apenas com técnicas de luta é possível para qualquer um.

Qualquer um que seja a própria definição da ética do trabalho duro. Might Guy, que sequer conseguiu entrar na Academia Ninja na mesma idade que seus colegas devido sua incapacidade com as habilidades ninjas mais básicas, trabalhou tão duro nas técnicas de taijutsu da Abertura dos Oito Portões que se tornou uma ameaça até mesmo para um Jichuuriki da Dez Caudas.

 

3 – Domínio da Natureza

Transformações de natureza são incrivelmente difíceis de se dominar. Ser capaz de transformar seu chakra em um elemento como fogo, água, terra, relâmpago ou vento é algo que somente Jounin conseguem fazer com facilidade. E o domínio de mais de uma transformação é ainda mais incomum.

É por isso que um ninja como Hiruzen Sarutobi, que não apenas dominou todas as transformações básicas, mas era capaz de utilizá-las simultaneamente em combate era conhecido como o Deus dos Shinobi, mesmo sem ter nascido com nenhuma kekkei genkai.

O clã Sarutobi, porém, é notório por produzir ninjas muito acima da média. Então chegar nesse nível da habilidade é incrivelmente difícil e talvez seja o caminho mais complicado dos três. Mas é certamente possível se tornar o Avatar dos Ninjas.

Dominar naturezas complementares, como Estilo Água e Relâmpago ou Fogo e Vento já seria uma enorme vantagem para um ninja mediano chegar no topo da hierarquia ninja.

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017, contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime conta com 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), finalizando a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi e preparando o terreno para a continuação direta da história.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, juntamente com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

 

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade