Subscribe for notification

Afinal, porque Naruto tem tanta papelada para resolver em Boruto: Naruto Next Generations?

Umas das coisas mais esquisitas de Boruto: Naruto Next Generations, é a quantidade de papel rodeando Naruto desde que o pobre coitado assumiu o papel de Hokage.

Para fins de comparação, podemos lembrar do lendário Hiruzen Sarutobi, o Terceiro Hokage, que quase nunca era visto no escritório e vivia andando pela Vila sem muita preocupação. Mas será que a quantidade de trabalho realmente aumentou desde que Naruto assumiu o posto?

Em teoria, sim. Afinal de contas a Vila da Folha teve um crescimento expressivo depois do fim de Naruto Shippuden. Tanto é que para auxiliar Naruto nessa empreitada, o Lorde Feudal resolveu mover alguns departamentos para outras cidades, permitindo que o Ninja mais poderoso de todos possa se dedicar à fazer o que sabe melhor: lutar.

Há quem diga que Naruto talvez seja “incompetente”, ou que não tenha capacidade administrativa para o cargo. Isso nunca ficou claro na série. Mas uma coisa eu me pergunto: porque diabos alguém que pode literalmente criar mil clones de si mesmo deixava tanto trabalho acumulando?

Confira também:

Naruto Shippuden foi exibido entre os anos de 2007 e 2017 e contando a segunda fase do anime. Nela, Naruto retorna após dois anos de treinamento com a missão de combater a Akatsuki e então resgatar Sasuke das garras de Orochimaru.

Ao todo, o anime tem 500 episódios (incluindo os fillers de Naruto Shippuden), e finaliza a história de Naruto, Sasuke, Sakura e Kakashi. Além disso, o anime preparao terreno para a continuação direta da história.

Você pode acompanhar Naruto na íntegra no Crunchyroll. Além dele, o serviço conta com com Naruto clássico e Boruto: Naruto Next Generations, sua continuação direta.

Acesse o site por este link e então ganhe 14 dias de premium gratuitos em uma nova conta.

João Víctor Sartor

João Víctor Balestrin Sartor é colaborador e sex-symbol do Critical Hits. Admirador das boas histórias, almeja de verdade escrever um livro algum dia. Divide seu tempo entre à leitura, jogatina, trabalho, engenharia e quando sobra tempo, vive.

Este website utiliza cookies