Categorias: Anime

Afinal, por qual motivo a animação de Nanatsu no Taizai piorou tanto?

Em 2014, o estúdio A-1 Pictures estreava em parceria com a Netflix a primeira adaptação em anime de Nanatsu no Taizai, também conhecido como The Seven Deadly Sins, que rapidamente se tornaria bastante popular tanto pela qualidade da sua animação como pela fácil disponibilidade de acesso, algo similar ao que aconteceu com One Punch Man.

No entanto, a terceira temporada do anime está sendo uma verdadeira decepção para os fãs, principalmente pela baixíssima qualidade da sua animação, que ao menos virou um meme bem engraçado do Meliodas parrudo.

Mas em que ponto Nanatsu no Taizai deixou de ser uma série promissora para virar praticamente uma piada?

Bem, toda essa questão pode ser resumida a sua produção que foi ficando cada vez mais confusa. Para a primeira temporada, o estúdio A-1 realmente dedicou grande parte dos seus esforços para o desenvolvimento do anime, algo que acabou não se repetindo na sua segunda temporada, que já teve a sua “atenção” divida com o retorno de Sword Art Online.

Assim, para a terceira temporada o estúdio foi forçada a passar a produção do anime para o Studio Deen, em favor do próprio Sword Art Online e de outros animes como Kaguya-sama: Love Is War. Essa decisão acabou já tornando apertado o prazo para o Studio Deen, que não é particularmente conhecido pelas suas séries shonens, tendo KonoSuba como um dos seus animes mais populares.

No entanto, o próprio Studio Deen também teve problemas com a produção e terceirizou grande parte do trabalho com estúdio Marvy Jack. Como resultado de todo esse vai e vem, a terceira temporada de Nanatsu no Taizai possui não só uma qualidade de animação no mínimo questionável como também parece um pouco desconexas com os seus conceitos.

 

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies