Categorias: Anime

Afinal, o que teria acontecido se Vegeta do futuro não tivesse morrido em Dragon Ball Z?

A Saga Cell é uma das sagas mais icônicas da franquia Dragon Ball por ser tão diferente das demais. Não só ela foca mais em Gohan e os outros Guerreiros Z do que em Goku, como ela só acontece porque Trunks do Futuro está tentando impedir Vegeta e os outros acabem morrendo na mão dos Androides.

Quando Trunks deixou sua linha do tempo, ele era o único guerreiro ainda vivo daquela época. Mas o que poderia ter acontecido de diferente se outro guerreiro, como Vegeta por exemplo, também tivesse sobrevivido ao ataque dos Androides?

Se isto tivesse acontecido, a história de Dragon Ball Z poderia tomar dois rumos baseados nos sentimentos de Vegeta. Se ele acabasse ficando cego por vingança por ter sido um dos únicos sobreviventes, Vegeta acabaria atacando os androides de forma descuidada e sem ajuda, porque seu orgulho não o deixaria fugir e se esconder.

Mesmo tirando um tempo para treinar, Vegeta provavelmente não alcançaria o Super Saiyajin antes de decidir atacar os Androides, e não permitiria que Trunks fosse ajudá-lo. Assim, o Príncipe dos Saiyajins acabaria perdendo novamente, e sendo morto no processo, o que não mudaria em nada a linha do tempo como conhecemos.

Porém, se Vegeta ouvisse o lado da razão e percebesse que não era capaz de vencer os Androides sozinho, as coisas seriam bem diferentes. Não só ele treinaria ainda mais enquanto esperava sua chance de contra-atacar, como também treinaria Trunks para fazer o mesmo.

Então, quando Bulma finalmente terminasse de construir a máquina do tempo, Vegeta viajaria para o passado junto de Trunks, e seria capaz de vencer os Androides 17 e 18 muito mais facilmente com a ajuda de Goku e dos outros, incluindo sua versão do passado.

Outra coisa que também poderia ter acontecido em Dragon Ball Z é Vegeta ter treinado Gohan para se tornar um guerreiro mais bem disciplinado e focado no combate, talvez até despertando o Super Saiyajin no processo.

Isto daria a eles uma chance de vencer os Androides ainda no futuro, sem que mais casualidades fossem feitas e sem que uma viagem ao passado precisasse acontecer.

Seria interessante vermos um mangá spin-off mostrando como as coisas poderiam ter sido diferentes na linha do tempo do futuro, mas isto é bem improvável de acontecer.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

Nesta nova fase, Goku e Vegeta estão enfrentando um inimigo milenar e poderosíssimo: Moro, o consumidor de planetas, uma ameaça que pode muito bem acabar com o Universo 7 num piscar de olhos.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Disqus Comments Loading...

Este website utiliza cookies