Categorias: Anime

Afinal, Freeza teria alguma chance de ser um Deus da Destruição se algo acontecesse com Beerus antes da destruição dos Saiyajins em Dragon Ball Z?

Deuses da Destruição são criaturas divinas que destroem planetas, raças ou ameaças que colocam em risco o índice de desenvolvimento de determinado Universo.

Ao contrários dos Anjos e Kais, que são da mesma raça e nascem divinos, Deuses da Destruição são criaturas oriundas dos próprios universos, mortais que se tornaram Deuses com poderes absolutos de destruição.

Isso significa que qualquer um pode ser elevado a essa posição, desde que apresente grandes poderes e capacidades destrutivas… O que colocaria Freeza como um possível candidato se algo acontecesse com Beerus, certo? Mesmo antes da destruição dos Saiyajins, Freeza já era imensamente poderoso.

Na verdade… Não. Isso porque, apesar não parecer, Deuses da Destruição tem que ser justos e suas ações controladas. É parte da razão de cada um deles terem um Anjo como assistente, como controle.

Porque a Destruição descontrolada, algo que Freeza já fazia como Imperador e certamente faria ainda mais como Deus da Destruição, prejudica o desenvolvimento positivo da vida no Universo.

Freeza se tornaria muito poderoso, mas não a ponto de poder enfrentar Whis ou outros Anjos, muito menos o Sumo Sacerdote e o Zeno. Dessa forma ele nem conseguiria fazer o que quisesse e nem as criaturas divinas teriam um bom controlador como Deus da Destruição.

Beerus, por mais que as vezes pareça mesquinhos e infantil, poupou a Terra de destruição e não agiu para a destruição de Zamasu antes de obter evidências de suas ações malignas, provando não ser um ser maligno.

O cargo de Deus da Destruição parece encaixaria bem com criaturas vis, mas a verdade é que o cargo é “neutro” no sentido de bondade ou maldade, apenas faz o que tem que ser feito de maneira pragmática.

Tanto que o Torneio de Poder, que era uma batalha com os Universos com piores índices de desenvolvimento, tinham tantos Deuses da Destruição “neutros” como Beerus, como alguns mais bondosos como Sidra.

Um Deus da Destruição com ímpeto destrutivo seria pior, na verdade, do que um que fosse apenas justo, bondoso ou objetivo. Então não importa quão poderoso Freeza fosse, ele jamais seria um bom candidato a Deus da Destruição.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies