Anime

Afinal, como a transformação de Nezuko de volta a humano pode afetar os Pilares em Demon Slayer?

O anime de Demon Slayer lançado em 2019 foi um verdadeiro sopro de vida à obra, que saiu do limbo da Shonen Jump para se tornar um dos maiores títulos shonen da atualidade, contando a história de Tanjiro Kamado na tentativa de transformar sua irmã Nezuko de volta em humano.

É bem óbvio que Tanjiro conseguirá alcançar seu objetivo em algum momento, mas como a transformação de Nezuko de volta a humano pode afetar os Pilares dos caçadores de demônios em Demon Slayer?

Nós contaremos abaixo, mas também contaremos spoilers, então fique ligado!

O mangá de Demon Slayer já nos está mostrando a provável batalha final entre Tanjiro e Muzan, o responsável por trazer os demônios ao mundo, inclusive Nezuko. Os Pilares dos caçadores de demônios também participaram desta luta e, depois de muito esforço, foram completamente derrotados por Muzan com um golpe muito bem dado.

O problema é que os Pilares não foram somente derrotados, mas também foram envenenados e tiveram ferimentos gravíssimos, contando até mesmo com mutilação de seus membros:

Mas o que Nezuko tem a ver com isso?

Bem, Nezuko é um demônio com uma habilidade peculiar que é capaz de curar quem ela bem entender e essa habilidade seria extremamente útil nesta hora, não somente salvando a vida dos Pilares e de outros caçadores mas também, quem sabe, regenerando seus membros decepados, mas é aí que mora o problema, afinal, Nezuko se tornará humana novamente assim que Muzan for derrotado.

Sendo assim, Nezuko não terá mais suas habilidades de cura e os Pilares provavelmente morrerão ou ficarão com graves sequelas de sua luta contra Muzan, o que é uma enorme pena. Além disso, eles também precisam se livrar do veneno em seus corpos e não somente eles, mas Tanjiro também está envenenado e com uma cicatriz horrível em seu rosto.

E aí? O que você acha que vai acontecer?

Demon Slayer – Kimetsu no Yaiba, é uma série japonesa de mangás shōnen escrita e ilustrada por Koyoharu Gotōge.

O mangá é serializado desde fevereiro de 2016 na revista semanal Weekly Shonen Jump, sendo compilada, até o momento, em 17 volumes tankōbon pela editora Shueisha.

Uma adaptação da série para um anime de 26 episódios, produzida pelo estúdio ufotable, estreou em abril de 2019 e rapidamente tornou-se o anime mais popular do ano, podendo ser assistido na íntegra no Crunchyroll.

Acessando o site por este link, você ganha 14 dias de premium gratuitos em uma nova assinatura.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade