Categorias: Tech

Spotify passará a banir usuários que utilizarem ferramentas para bloquear propagandas

Se você usa o Spotify com frequência e também utiliza qualquer tipo de adblock, é melhor desativá-lo, pois recentemente a plataforma de Streaming atualizou os seus termos de serviço especificando que bloquear anúncios no Spotify poderá acarretar em banimento do usuário.

As novas regras afirmam que, “contornar ou bloquear anúncios dos serviços do Spotify, ou criar ou distribuir ferramentas destinadas a bloquear anúncios no Spotify” pode resultar na suspensão imediata da sua conta.

As regras já foram atualizadas nos termos de uso em inglês e em breve também deverão ser atualizadas nas diretrizes em português.

Os famosos adblocks, são usados no Spotify por aqueles que não possuem conta premium e desejam ouvir músicas de forma ilimitada e sem interrupções por comerciais. Atualmente a assinatura do Spotify custa no Brasil R$ 16,90 por mês.

Essa investida do Spotify contra os bloqueadores de anúncio ocorre depois de um relatório de março do ano passado informando que aproximadamente 2 milhões de usuários (cerca de 2% de todas as contas gratuitas) estavam utilizando esse tipo de ferramenta para burlar os anúncios (via The Verge).

O Spotify então começou a desativar contas que apresentavam esse tipo de atividades e enviando e-mails para os seus respectivos donos. Os usuários podiam reativar as suas contas se desinstalassem os programas de bloqueios de anúncios.

As novas diretrizes do Spotify entram em vigor no dia 1º de março.

Este website utiliza cookies