Need for Speed: Hot Pursuit Remastered – Review

A franquia Need for Speed vem tentando se reinventar na geração do Xbox One e do PlayStation 4 com acertos e erros, e muitos comentam sobre como o retorno às raízes, como em jogos como Hot Pursuit. Nada melhor do que lançar uma versão remasterizada dele então, não é mesmo? Bom, é o que vamos descobrir agora.

Need for Speed: Hot Pursuit Remastered é um jogo focado totalmente em perseguições, como o próprio nome sugere. Nele, você vive tanto o lado do piloto de rachas, correndo atrás dos seus adversários e da fama, quanto do policial que deve impedir que estes pilotos atinjam seus objetivos.

O jogo segue bem o arquétipo dos games de corrida, ou seja, corra, cumpra objetivos, ganhe dinheiro, compre mais carros, melhore seus carros e parta para mais corridas. Do lado do policial, a ideia é basicamente a mesma: impeça que as corridas aconteçam o mais rápido possível para então ganhar viaturas mais rápidas e competentes neste objetivo, e assim impeça cada vez mais corridas de acontecerem.

A maioria das corridas do jogo são bem curtas, e é interessante como a gente se divide entre assistir telas de carregamento, correr um pouco e voltar pra essas telas. Felizmente, a nova geração está quase chegando e vamos ver cada vez menos dessas, o que é fundamental num jogo ágil como Need for Speed: Hot Pursuit Remastered, onde a proposta não é fazer uma corrida de meia hora, e sim várias corridas curtas de 3 ou 4 minutos.

Com um jogo assim, a jogabilidade não poderia ser algo muito realista, afinal de contas, a ideia é correr, se divertir e não pensar muito, e Need for Speed: Hot Pursuit Remastered entrega exatamente isso. Com um estilo bem mais arcade e menos simulação, a ideia é pisar fundo no acelerador, usar o nitro, despachar viaturas (ou corredores) e sentir a adrenalina correndo solta.

Eu não havia jogado o jogo em seu lançamento em 2010, então esta foi a minha primeira experiência com o game, e eu diria que ela foi bem positiva. É realmente divertido abrir o jogo, jogar meia dúzia de corridas, fazer outra coisa, e daqui a pouco sentir vontade de voltar pro game.

Comparando com vídeos do jogo original, é possível notar que pouca coisa foi adicionada à remasterização do jogo. Parece que a EA decidiu seguir a ideia do “Time em que está ganhando não se mexe”, ou seja, as melhorias são realmente estéticas dentro do game: resolução maior, garantia de performance sem slowdowns e uma garagem para mostrar seus carros entre uma corrida e outra.

Fora isso, Need for Speed: Hot Pursuit Remastered é exatamente o mesmo jogo que foi lançado em 2010 e que encantou fãs ao redor do mundo. Isso é bom? Sim e não, afinal, não custava nada fazer como a Nintendo, por exemplo, que costuma trazer algum conteúdo adicional aos seus relançamentos, porém, como eu disse acima, se em time que tá ganhando não se mexe, é possível que mexer nele acabe trazendo resultados negativos.

Graficamente, Need for Speed: Hot Pursuit Remastered não chega a impressionar em 2020. O jogo realmente só parece uma versão do jogo original com as opções gráficas da época no máximo, o que hoje em dia já foi superado há um bom tempo. A trilha sonora do game é boa, mas eu não cheguei a ficar com nenhuma música na cabeça.

Mas e aí, Need for Speed: Hot Pursuit Remastered vale a pena?

Need for Speed: Hot Pursuit Remastered é basicamente o que você viu em 2010, pro bem e pro mal. Se você sente saudades de um jogo para pegar, correr por alguns minutos por corrida, sem precisar dirigir de uma pista à outra, além da oportunidade de perseguir pilotos e acabar com a diversão deles, esse é o jogo pra você. Já se você procura um jogo de corrida mais completo, você provavelmente vai se decepcionar, já que há jogos bem mais recheados do que este disponíveis por aí. Ainda assim, a minha experiência com Need for Speed: Hot Pursuit Remastered foi positiva.

Review elaborado com uma cópia do jogo para Xbox One X fornecida pela EA Brasil.

Resumo para os preguiçosos

Need for Speed: Hot Pursuit Remastered é basicamente o que você viu em 2010, pro bem e pro mal. Se você sente saudades de um jogo para pegar, correr por alguns minutos por corrida, sem precisar dirigir de uma pista à outra, além da oportunidade de perseguir pilotos e acabar com a diversão deles, esse é o jogo pra você. Já se você procura um jogo de corrida mais completo, você provavelmente vai se decepcionar, já que há jogos bem mais recheados do que este disponíveis por aí. Ainda assim, a minha experiência com Need for Speed: Hot Pursuit Remastered foi positiva.

Nota final

75
Saiba mais sobre os nossos métodos de avaliação lendo o nosso Guia de Reviews.

Prós

  • Corridas divertidas e emocionantes
  • O jogo é bem direto ao ponto, é correr, vencer, melhorar seu carro e repetir

Contras

  • Quase nenhuma novidade em relação ao título de 2010
  • Gráficos ultrapassados
Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por