Os 10 personagens mais poderosos da DC

Quando pensamos nos personagens mais poderosos da Detective Comics, logo vem a mente os heróis clássicos e seus vilões. Superman, Shazam, Mulher-Maravilha, Darkseid, Apokalipse, etc. Mas a verdade é que, embora muito poderosos, esses personagens estão longe do topo da cadeia alimentar da DC. Os personagens mais poderosos da DC podem deletar universos inteiros… Ou sobreviver a eventos inimagináveis.

Como estamos falando de uma mídia multiversal, provavelmente existe uma versão ou outra onde o Aquaman é o personagem mais poderoso do seu universo, mas não é disso que trataremos.

De um jeito mais geral. esses são os personagens mais poderosos da DC:

10 – Superman Prime Um Milhão

Eu sei que falei que o Superome não está no topo do nível de poder da DC… E não está.

O Superman Prime One Million é uma entidade cósmica, que deixou a Terra após ver todos seus amigos e familiares morrerem por causas naturais, sem poder fazer nada a respeito.

Ele vagou pelo universo DC, chegando até mesmo ao céu e ao inferno. E quando ele se cansou de viajar a esmo, decidiu passar 15000 anos dentro de um Sol Amarelo, absorvendo a energia.

Quando ele saiu, esse Superman era diferente. Completamente dourado, todos os seus poderes foram ampliados até quase o infinito.

09 – Dr. Manhattan

O Renascimento DC trouxe os personagens de Watchman para o universo padrão da DC. E isso acabou trazendo também o Doutor Manhattan, um dos personagens mais poderosos entre  todas as mídias.

Dr. Jonathan Osterman era um físico nuclear que acabou preso em um experimento de partículas radioativas. A força do gerador de energia o vaporizou completamente.

Mas com a pura força de vontade, Dr. Osterman se reconstruiu a partir das peças básicas do Universo. Isso fez com que ele adquirisse controle de matéria a nível subatômico.

Ele também experimenta o tempo de maneira não linear. O passado, presente e futuro, para Dr. Manhattan, é uma coisa só. Dessa forma, ele é praticamente onisciente.

Ele ainda tem poderes telepáticos e pode se teletransportar. Além de ser fisicamente superior aos heróis mais clássicos, como Superman e Mulher-Maravilha, claro.

08 – Eclipso

O Universo DC, apesar de ser a casa de vários deuses e criaturas mitológica, tem uma concepção religiosa semelhante as religiões abraâmicas.

Eclipso é a encarnação da Ira de Deus, uma criatura mágica com força basicamente infinita — apesar de não ser equivalente ao da Presença.

Imortal, invulnerável, com super força e velocidade, ele parecer ter nascido da cabeça de uma criança apelona no parquinho. Ele até mesmo pode emitir raios laser de um dos olhos, e raios paralisantes do outro.

Apesar de ter sido criado para ser uma ferramenta de punição divina, sendo responsável, por exemplo, pelo Dilúvio, Eclipso se tornou maligno.

Ele eventualmente foi substituído em sua função por uma criatura ainda mais poderosa, o Espectro.

07 – Os Perpétuos

Uma “família” de poderosas criaturas, que apareceram nas histórias geniais de Sandman, de Neil Gaiman. Eles são encarnações de conceitos abstratos como Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio.

Embora suas origens sejam incertas, eles são supostamente filhos do Tempo e da Noite. Eles existem desde o inicio dos tempos.

Diferente de deuses, eles são forças naturais que personificam conceitos universais. Eles são anciões aos deuses e outras criaturas sobrenaturais.

Entre eles está a Morte. Aquela que leva a todos, mesmo os imortais. Quem levanta as cadeiras e apaga as luzes quando tudo acabar.

06 – O Descriador

Quando Deus criou o Universo e disse “Faça-se a Luz”, a primeira sombra foi criada. O Descriador. É uma entidade cósmica que tem o poder  de apagar qualquer coisa da existência.

Essa criatura,  que geralmente aparece como  um enorme olho, não tem moralidade, personalidade ou emoções. É uma força da natureza que destrói tudo e não pode ser convencida ou derrotada.

A forma com qual o Descriador foi lidado pela Patrulha do Destino foi diminuir o ritmo de destruição a níveis imperceptíveis aos humanos.

O Descriador segue — e para sempre — apagando tudo da existência.

05 – O Espectro

Criado para substituir a Ira na forma de Eclipso, o Espectro é a vingança divina da Presença, o Deus do Universo DC. Ele pode inclusive manipular o tempo, o espaço e a matéria para punir os perversos.

O Espectro foi criado quando  Aztar, um demônio, retornou ao céu e confessou seus pecados.

Essa força precisa se ligar a uma alma humana para julgar a perversidade de maneira justa. James Corrigan, Hal Jordan e Crispus Allen já foram o Espectro.

Apesar de ser quase onipotente, seus poderes são limitados pela Voz de Deus e a Lei Divina.

04 – Elaine Belloc

Filha do Arcanjo Miguel, ela é meio-anjo e meio descendente direta de Deus. Quando Miguel morrer, ela absorverá todos os poderes, inclusive o Dunamis Demiurgos,  ou o literal Poder de Deus.

Ela é quem assumirá o Trono Divino e comandará a Criação, assumindo o lugar da Presença no panteão DC.

Onisciente, Onipotente e Onipresente.

Mas enquanto isso, ela precisa descobrir e compreender seus próprios poderes e razão de existência.

03 – Miguel Demiurgos

A contraparte direta do Arcanjo Miguel das religiões abraâmicas. Ele é filho da Presença.

Como um anjo, ele tem todas os poderes que esperamos. Super força, voar, etc, etc. Mas além de tudo isso, ele é imortal (de morte morrida, não de morte matada) e quase onipotente.

Seu poderio é o suficiente para derrotar criaturas do nível do Espectro.

Ele é o segundo na linha de poder, junto com com Lúcifer Morninstar. Enquanto Miguel pode criar algo do nada, ele não consegue dar forma a essa coisa.

02 – Lúcifer Morninstar

O Estrela da Manhã é a contraparte do Lúcifer das religiões abraâmicas. Menos direto que a de Miguel e da Presença, uma vez que esse Lúcifer é menos maldoso e mais contrário a vontade de Deus.

Após reinar no inferno por bilhões de anos, Lúcifer se cansou, abandonou o posto e foi para a Terra abrir um bar, se aposentando de suas colocações divinas por um tempo.

Apesar de ser equivalente em poder ao Arcanjo Miguel, ele foi a única criatura capaz de viajar para além dos domínios do Presença.

Além de quase onipotente, Lúcifer pode dar forma a qualquer coisa, mas não pode criar algo do nada. Dessa forma, os poderes dele e de seu irmão Miguel são complementares.

01 – A Presença

Zeus, Ares, Athena. Deus Hindu, Egípcios. Deuses Tupi-Guarani. Deuses de outros planetas.

Todos possuem suas representações fictícias no Universo DC.

Mas um somente um Deus é o verdadeiro. A Presença.

Verdadeiramente onipresente, onisciente e onipotente, A Presença é o criador de tudo, incluindo dos outros 2 do top 3, e outras criaturas como o Espectro e Eclipso.

Ele é a fonte de tudo do universo DC. Infinito e eterno, ele não pode ser destruído… Mas eventualmente cederá o trono para Elaine.

Mas antes disso, ele é o mais poderoso entre os personagens mais poderosos da DC.

Tico

Redator eventual, podcaster e negro maravilhoso.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade