Valve é processada na Austrália por violar direitos dos consumidores

A política que a Valve adotou de não devolver o dinheiro dos usuários da Steam aparentemente fez com que um órgão da Austrália processasse a empresa.

A ACCC (Australian Competition and Consumer Commission) entrou com uma ação judicial alegando que a Valve havia quebrado a Lei Australiana do Consumidor afirmando que os usuários não tinham direito a reembolsos, assim se absolvendo da obrigação de substituir ou prover compensações por jogos.

“A Lei Australiana do Consumidor se aplica a qualquer negócio que venda bens ou serviços na Austrália. Mesmo que a Valve seja uma empresa americana, ela está operando em território Australiano e vende para consumidores daqui, que são protegidos pela lei” afirmou um dos membros da ACCC.

A Valve já afirmou que está fazendo “todos os esforços para cooperar com os oficiais Australianos nesse assunto, enquanto continuamos a prover o serviço da Steam para os consumidores de todo o mundo”.

Uma audiência está marcada para 7 de Outubro na Corte Federal, em Sidnei.

Leonardo Koakowski

Sonysta, Sommelier de Destiny e Cyber Atleta de final de semana de Rocket League

Publicado por
Tags: Steam

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade