Star Wars – Saga Battlefront teria um spinoff, mas foi cancelado pela EA

Faz muito tempo que a Electronic Arts é a responsável por administrar a franquia Star Wars no mundo dos games. Após o recente sucesso de Jedi Fallen Order frente ao público, parece que essa relação duradoura com a Disney se manterá por mais alguns anos.

Mas de acordo com o Kotaku, essa proveitosa relação delimitou o fim de um projeto ainda em desenvolvimento no ano passado. Segundo relatos em um texto exclusivo, a EA teria cancelado um novo spinoff baseado em Star Wars: Battlefront, cujo codinome seria “Viking“.

Esta conta é baseada em entrevistas com seis pessoas familiarizadas com o funcionamento interno da EA, todas elas falando anonimamente pois não estavam autorizadas a comentar com um repórter sobre projetos cancelados.” diz a declaração do site.

O texto descreve que o projeto foi iniciado em 2015, visando um lançamento em potencial para a próxima geração de consoles. Neste caso, tecnicamente, este poderia ser o ano de lançamento do dito Star Wars. O game contaria com elementos de mundo-aberto, além de outras peculiaridades. Infelizmente, o processo conturbado – que se situou no estúdio da EA em Vancouver – não prosseguiu como esperado. Inclusive, o texto menciona que um dos estúdios que poderiam auxiliar o projeto seria a própria Criterion – responsável pela franquia Burnout e alguns dos jogos da série Need For Speed.

O relato continua, e descreve um cenário problemático em torno deste novo Star Wars. Basicamente, apesar da Criterion ter liberdade para auxiliar no projeto, a logística em si tornou o processo muito mais complicado. Embora a Criterion tenha proposto uma história interessante – com foco em personagens específicos – o projeto não seguiu como esperado.

Atualmente, a EA Vancouver está trabalhando com o suporte em outros títulos – como Anthem, junto da BioWare. Em contrapartida, a Criterion retomou o controle de Need For Speed.

Guru

Guru é o cara que não sabe falar sobre outra coisa além de jogos e consoles. Ansioso pela nova geração, ele sonha ininterruptamente com o retorno de God Hand, Viewtiful Joe, Captain Comando e outros clássicos de porradinha sem freio. Possui um histórico considerável de vazamentos, rumores e teorias sem sentido que geram uma boa discussão.