Estamos na iminência do lançamento de Red Dead Redemption 2, mas muita gente quer saber quando que GTA VI será lançado, ou se a Rockstar já tem algum plano para a continuação da franquia.

Dan Houser, um dos chefes da Rockstar comentou sobre essa possibilidade em uma entrevista para a a revista GQ, e afirmou que no momento seria bastante difícil criar um GTA VI por conta do clima político atual dos Estados Unidos.

Para ele a identidade da série que sempre faz sátiras bastante claras de figuras públicas e conhecidas e também sobre questões políticas e culturais é o grande problema para a criação de GTA VI. Para Houser os exageros que a série GTA faz em suas produções com essas sátiras nos jogos parecem ter sido transportadas para a vida real do cidadão norte-americano, e isso dificulta a inserção de elementos do tipo no jogo pois a linha que divide o real da sátira seria muito tênue.

Houser fala que o humor e tom satírico característico de GTA provavelmente iria chatear muitas pessoas. Ele analisa o cenário político e social dos EUA no momento afirmando que a progressividade liberal e o conservadorismo são muito intensos e militantes no momento, e que isso faz com que a vida real acaba se direcionando para absurdos que seriam mais característicos das produções de GTA do que do cotidiano do seu povo.

Ele complementa dizendo que algumas das coisas vistas hoje em dia nos EUA vão além da sátira e ficariam desatualizadas muito rapidamente por conta das constantes mudanças.

Dessa forma, é de se esperar que Grand Theft Auto VI ainda demore um bocado para entrar nos planos da Rockstar, que deve focar seus próximos anos em oferecer suporte à Red Dead Redemption 2 e também ao GTA Online de GTA V.

Gostou do post? Curta nossa página no Facebook e receba todas as nossas últimas novidades!

Gostou? Compartilhe!


Você já ouviu o Critical Cast dessa semana?


Por muitos anos Ceraldi foi um dos responsáveis pela maior comunidade de Resident Evil da América Latina. Hoje, além de trabalhar como UI/UX Designer, se dedica (menos do que gostaria) ao Critical Hits e tentar cumprir seu papel de pai de família em meio à gatos, bacon, video games, séries, futebol e NBA.