Red Canids se pronuncia após suspensão e multa de YoDa por mensagem racista no Twitter

A equipe de eSports brasileira Red Canids pronunciou-se ainda na quinta-feira à noite sobre a punição emitida pela Riot Games ao jogador da equipe Felipe “YoDa” Mendonça.

Caso você esteja por fora do assunto, a Riot Games puniu o jogador suspendendo-o por 3 partidas do MSI, mundialito de League of Legends que começa hoje em São Paulo, além de ter emitido uma multa de 2 mil dólares ao jogador após ele ter postado no Twitter que já havia gritado “Flango” para jogadores japoneses no hotel durante uma competição de LoL.

Ao ser punido, YoDa ficará de fora das três primeiras partidas do torneio, contra as equipes Dire Wolves, Rampage e SuperMassive.

Abaixo, vocês conferem o comunicado da Red Canids na íntegra:

COMUNICADO OFICIAL:

Nós, da RED Canids, e também o Felipe “Yoda” Noronha, repudiamos qualquer e todo tipo de racismo e xenofobia.

Não temos controle sobre o que os nossos jogadores falam em suas redes sociais, mas tenham certeza absoluta que em momento algum nosso jogador teve qualquer intenção de ofender ou prejudicar alguém com seu Tweet.

Foi uma brincadeira, mas que houve consequências e não irá se repetir. Não tiramos, em momento algum, a razão da Riot, e aceitamos a decisão tomada.

Nosso jogador entende também, que ele representa um prol maior nesse momento, ele está representando um país, e fará de tudo para se retificar e se desculpar perante seus atos.

Atenciosamente,

Felippe Corradini

CEO – RED Canids”

O MSI começa hoje e será realizado em São Paulo.

Eric Arraché

Eric Arraché Gonçalves é o Fundador e Editor do Critical Hits. Desde pequeno sempre quis trabalhar numa revista sobre videogames. Conforme o tempo foi passando, resolveu atualizar esse sonho para um website e, após vencer alguns medos interiores, finalmente correu atrás do sonho.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade