Categorias: Games

Por causa da crise econômica, Venezuela está sofrendo processo de substituição da moeda local por bitcoin

A Venezuela segue enfrentando uma grave crise econômica onde parte da população basicamente parou de exercer funções tradicionais, que pagariam bem mal na moeda do país, para funções alternativas, como Farmar Gold em World of Warcraft (onde 1 gold já vale mais do que 1 Bolívar) e Runescape, como nós já havíamos mencionado aqui anteriormente, mas sabe qual a última no país? Ao que tudo indica, a moeda local está perdendo o lugar para o Bitcoin.

Recentemente, Daniel Osorio, da Andean Capital Advisors, deu uma entrevista à CNBC indicando que é provável que a economia local passe a funcionar em sua maioria dentro da esfera de influência do Bitcoin.

O motivo disso é a inflação pela qual o país passa. Quando os preços variam constantemente, a moeda local perde completamente o valor, e começa-se a usar outras moedas para que a compra e venda de bens não seja um transtorno gigante na vida das pessoas. Como a Venezuela conta com poucos dólares em sua economia, o que tem acontecido é que as pessoas têm usado o Bitcoin para executar as transações, e muitos lugares da Venezuela estão passando a aceitar apenas essa moeda na hora de fornecer produtos e serviços.

Como é de se esperar, o Bitcoin é totalmente ilegal na Venezuela, seja o uso dele para o comércio, seja a mineração dele (afinal, o país também sofre uma crise energética, e tudo o que o governo não quer são pessoas gastando energia elétrica para minerar uma moeda da qual ele não tem controle).

Ainda não se faz ideia de quando a crise na Venezuela vai amenizar e como o Bitcoin vai caminhar por lá quando isso começar a acontecer, mas pode ser que estejamos vendo o futuro das economias digitais não nos EUA, no Japão ou na China, mas sim na Venezuela.

Este website utiliza cookies