Categorias: Games

Nintendo Switch recebe versão polêmica de Resident Evil 7 ainda esta semana

Mais de um ano depois do lançamento de Resident Evil 7, o Nintendo Switch finalmente vai ganhar uma versão do jogo. E a chegada do jogo ao Switch guarda diversas peculiaridades.

Essa versão será lançada como Resident Evil 7 Cloud Version (ou Biophazard 7 Cloud Edition, no Japão), e contará com um aplicativo desenvolvido especialmente para o Switch, onde o jogo funcionará por meio de streaming em uma espécie de aluguel.

Dessa forma, toda a estrutura de Resident Evil 7 estará armazenada na nuvem, e os jogadores não vão precisar disponibilizar um grande espaço em seus consoles para rodar o game. Em contrapartida, será necessário ter uma conexão estável com a internet. Confira o trailer:

De acordo com informações divulgadas pela própria Capcom, essa versão de Resident Evil 7 chegará já com os conteúdos adicionais Not a Hero, End of Zoe e também as Fitas Proibidas volume I e II. A “Cloud Edition” do jogo ainda contará com adaptações para que os jogadores possam utilizar os controles de movimento do Nintendo Switch, embora maiores detalhes a respeito disso ainda não tenham sido divulgados.

Como a ideia é reduzir o espaço usado no Switch, o aplicativo Resident Evil 7 Cloud Version usará 45MB de espaço. O jogo ainda oferecerá uma espécie de demo, onde será possível jogar os primeiros 15 minutos de forma gratuita. Após isso será necessário alugar o jogo completo. O único plano de aluguel divulgado até o momento, dará aos jogadores acesso ao jogo durante 180 dias por um preço de 2.000 ienes, algo em torno de R$ 70.

A sacanagem é que seu save game também ficará armazenado na nuvem, e se você não mantiver seu serviço ativo, não há garantias de que o save será mantido. Em outras palavras: se você é daqueles que gosta de revisitar seus jogos de tempos em tempos, terá de manter o “aluguel’ do jogo ativo para que você possa usar seu save no futuro.

Resident Evil 7 Cloud Version será lançado já na próxima quinta-feira (24) no Japão. Ainda não há informações, datas ou valores sobre a chegada dessa versão no resto do mundo.

Será que apostar nesse tipo de versão foi uma boa por parte da Capcom?

 

Este website utiliza cookies