Nintendo NX focará em jogos, não em teraflops

Nunca antes se falou tanto a palavra “teraflops” quanto nos últimos dias. Após a conferência da Microsoft apresentar ao mundo o ambicioso Project Scorpio, o público parece ter entrado novamente naquela onda de avaliar os consoles somente pelo seu poder de processamento ao invés de considerar também outras características importantes para tornar um jogo grandioso, como a forma como é programado, por exemplo.

Seguindo essa linha de raciocínio, o presidente da Nintendo norte americana afirmou que “o que importa para nós não são as especificações ou os teraflops, mas sim o conteúdo”. Isso quer dizer que assim como aconteceu com o Wii e posteriormente com o Wii U, o Nintendo NX provavelmente não apresentará um hardware tão robusto quanto a concorrência, mas continuará sendo uma das plataformas mais amigáveis para os desenvolvedores.

É claro que a capacidade de um console dita o potencial gráfico e da engine de cada jogo, mas ao que parece a Nintendo prefere acreditar que o segredo de bons games estão no bom aproveitamento de recursos mais simples e mais fáceis de lidar. Apesar de não ter sido um sucesso de vendas, não há como negar que os jogos desenvolvidos para Wii U pela própria Nintendo – que domina a arquitetura do próprio console como ninguém – são amplamente elogiados e aclamados pela crítica e pelo público.

Se The Legend of Zelda: Breath of the Wind já foi capaz de tirar o folego, eu fico imaginando o que será que vem por ai com o Nintendo NX. Por favor amigos da Nintendo, me supreendam.

Publicado por
Tags: Nintendo NX

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade