Microsoft encerra atividades do Mixer e anuncia parceria com o Facebook Gaming

Em 2019 a Microsoft conseguiu estabelecer muito bem sua nova plataforma de Streaming, denominada Mixer. Com o auxilio de algumas campanhas duradouras, a plataforma foi pouco a pouco arrecadando patrocínios e parcerias que a tornaram um competidor digno de outros serviços – como a própria Twitch. No ano passado, streamers famosos como Ninja e outros parceiros da Twitch também migraram para a plataforma, com a promessa de um cenário ainda mais proveitoso.

Infelizmente, hoje (22), foi anunciado que a Microsoft iniciou o encerramento das atividades do Mixer. Em contrapartida, a empresa firmou uma parceria longeva com o Facebook Gaming, e está adaptando seus criadores de conteúdo para a “nova casa“.

Em suma, o Mixer deixará de existir, e a função de streaming estará a cargo da nova parceria estipulada com o Facebook.

Logo abaixo você confere parte da declaração oficial publicada no Blog do Mixer.

Tornou-se claro que o tempo necessário para expandir nossa própria comunidade de transmissão ao vivo estava fora de medida com a visão e as experiências que a Microsoft e o Xbox desejam oferecer para os jogadores agora, por isso decidimos fechar o lado de operações do Mixer e ajudar com a transição da comunidade para uma nova plataforma. Para atender melhor às necessidades da nossa comunidade, estamos nos unindo ao Facebook, para permitir que a comunidade Mixer faça a transição para o Facebook Gaming.

De acordo com o texto oficial, “parceiros do Mixer receberão o status de parceiro do Facebook Gaming, e a plataforma honrará e corresponderá a todos os contratos de parceiros existentes o mais próximo possível“. Infelizmente, isso não assegura a titularidade daqueles que estão marcados como parceiros no Brasil. Especialmente considerando que não houve notificação prévia do encerramento de atividades.

Ao conversar com a streamer Just Kate – parceira do Mixer há quase 2 anos – a mesma nos informou que não houve nenhum tipo de anúncio prévio. Tampouco ocorreram preparações para as mudanças. O mesmo pode ser dito do canal Conquistaria e vários outros produtores, que descobriram a notícia por meio da nota oficial. Neste caso, parceiros brasileiros da plataforma estão a mercê da transição que será guiada pela Microsoft. Sem qualquer prospecto de notícias, o futuro para múltiplos streamers do Mixer segue totalmente nublado.

Embora alguns detalhes tenham sido divulgados, ainda é incerto como funcionará a transição para os parceiros atuais do Mixer. A Microsoft manterá o serviço ativo até o dia 22 de Julho deste ano. Por enquanto, não há como saber quando tempo levará para realizar a transição completa dos parceiros. Infelizmente, para muitos produtores de conteúdo, resta apenas aguardar por mais novidades.

Esse é o resultado da insatisfação recorrente com a plataforma?

Nos últimos dias, infelizmente a situação do Mixer tem ido de mal a pior. Após diversos problemas reportados por membros da equipe, streamers, e até mesmo denúncias referentes ao racismo explícito na empresa, parece que tudo culminou para o encerramento precoce da plataforma. Problemas recorrentes na plataforma aderem o uso de Bots em transmissões, e também se estendem para o modelo de pagamento da plataforma. Não é de hoje que parceiros reclamam sobre as condições e visibilidade do Mixer, mas desta vez, a Microsoft tomou medidas drásticas como solução definitiva.

Infelizmente, isso significa que múltiplos parceiros brasileiros perderão temporariamente sua fonte de renda. Streamers como EdTKD, a Comunidade Gamer Feminina, e outros produtores talentosos, terão de arcar com a construção de sua imagem em outros lugares. Embora não fosse algo previsível para a agenda da Microsoft, esperamos que todos os streamers citados aqui – e muitos outros – sejam alocados da forma devida. Além disso, incentivamos que todos confiram os links anexados ao nome de cada produtor de conteúdo, afim de auxilia-los nesta grande jornada de reinvenção.

Guru

Guru é o cara que não sabe falar sobre outra coisa além de jogos e consoles. Ansioso pela nova geração, ele sonha ininterruptamente com o retorno de God Hand, Viewtiful Joe, Captain Comando e outros clássicos de porradinha sem freio. Possui um histórico considerável de vazamentos, rumores e teorias sem sentido que geram uma boa discussão.