The Evil Within era bem pior do que é agora antes do patch de lançamento

The Evil Within está longe de ser o jogo mais preciso tecnicamente lançado nesse ano, mas você sabia que as coisas eram bem, mas bem piores antes do patch de lançamento do game? É o que o vídeo abaixo da Digital Foundry mostra.

Ao receber a cópia de review deles para analisar o framerate do game e os outros detalhes que eles costumam analisar, eles preferiram fazer tudo isso sem aquela instalação de patch que todo mundo reclamou no lançamento e compara-la com o patch. O resultado é impressionante, pois a performance do jogo é 30 a 40% pior do que ela ficou após a instalação dele, deixando o game praticamente injogável em alguns momentos.

É interessante notar que o jogo roda na id Tech 5 engine, um motor gráfico que foi desenvolvido pelo mestre John Carmack e que tem um objetivo apenas: sacrificar tudo (resolução, texturas etc) para manter o framerate em sólidos 60 frames por segundo. Detalhe, o jogo roda a 30, mas nem esse framerate é mantido em The Evil Within sem o patch de instalação.

O jogo obviamente já não roda mais assim no console da Sony, então isso está longe de ser uma crítica ao game, apenas uma curiosidade mesmo.

The Evil Within foi lançado no dia 14 para PC, PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One. Eu não gostei tanto assim do jogo.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade