Games

Crusader Kings 3 – Como Sobreviver à Sucessão

Em Crusader Kings 3, a sucessão é só uma das características do jogo. Na trama da Paradox Interactive, você joga como o chefe de uma dinastia e precisa gerenciar grandes pedaços de terra, equilibrar a diplomacia com intrigas e tomar decisões relacionadas a finanças, cultura e religião. Ainda temos, é claro, a questão da herança.

A morte é inevitável no game, mas ele não termina por aí, já que seu herdeiro passa a ser o novo chefe da dinastia. A sucessão em Crusader Kings 3, no entanto, não é um evento simples. Para muitos, ela é a chance de tomar o poder do soberano recém-coroado, o que pode ser bastante frustrante para você.

Os governantes recebem uma opinião negativa quando herdem o trono, ou seja, seus vassalos não gostam de você simplesmente por você ser o novo soberano. Isso pode encorajá-los a criar facções independentes ou derrubá-lo. Além disso, você pode ter familiares que queiram destroná-lo também. Por isso, a sucessão pode dar errado de várias formas diferentes. Felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer.

Crusader Kings 3: Como Sobreviver à Sucessão

Logo a seguir, falaremos sobre todas as abordagens que você pode ter no jogo. Durante a sucessão de Crusader Kings 3, você pode agir com Diplomacia, causar Intriga ou colocar seus Militares à prova.

Suas Opções de Diplomacia

Muitas vezes, a melhor maneira de evitar uma rebelião é sendo a pessoa mais legal que você pode ser: fazer as pessoas gostarem de você, construir alianças e manter tudo funcionando sem problemas.

  • Enviar presentes é uma ótima maneira de manter vassalos mal-humorados felizes. Vassalos que gostarem de você terão menos chances de querer entrar em facções e planejar sua morte, então ter um pouco de dinheiro pode ajudar – e muito! – a melhorar suas relações.

– A vantagem Atencioso da árvore da Diplomacia dobrará a eficácia dessa ação, o que é ótimo para quem tem uma mente diplomática.

  • Forjar alianças é uma forma de solidificar o seu reinado. Com uma grande rede de alianças, você dificulta que a guerra chegue até você; além de ser uma estratégia perfeitamente viável, também é um ótimo motivo para ter muitos filhos. Case sua família com governantes poderosos, mas somente se esse casamento resultar em aliança. Embora isso não impeça diretamente a ação das facções, você acabará com muita gente ao seu lado quando o parquinho pegar fogo.

– Casar seus filhos com as famílias de vassalos também é uma opção. Se um vassalo tem uma aliança com você, ele não pode iniciar ou ingressar em uma facção contra você.

  • Fazer festas é outra forma de construir relacionamentos com seus vassalos, ao mesmo tempo que reduz os níveis de estresse deles. Por isso, tente usar esses eventos para fazer amizade.
  • Seu conselho pode ficar abalado após uma sucessão, então examine-o e tome nota de quem são os vassalos mais poderosos. Eles terão uma grande influência no conselho, então priorize-os durante sua jornada como novo rei.
  • Se você tem um cônjuge com alto nível de diplomacia, pode colocá-lo para trabalhar auxiliando sua diplomacia. Isso fará com que seus vassalos gostem ainda mais de você. Se você for solteiro, isso pode ser importante enquanto você busca por um cônjuge.
  • Fazer uma peregrinação é outra maneira fácil de obter um bom impulso de +10 na opinião de seus vassalos.
  • Lembre-se de que, quanto mais os seus vassalos gostarem de você, mais eles gostarão do seu sucessor. Eles ainda terão um problema com o seu herdeiro, mas se eles gostarem e confiarem muito em você, não será difícil de contornar isso. Para um jogo com uma reputação de personagens malignos e moralidade duvidosa, os bons realmente podem ser recompensados.

Suas Opções de Intriga

Por mais que seja bom ser diplomático e amigável, usar alguns métodos mais sorrateiros para manter o reino sob controle pode fazer com que você se sinta ainda mais poderoso. Sendo assim, você pode governar com punho de ferro, intimidando seus subordinados à obediência, ao mesmo tempo em que age com mais diplomacia nas situações que o convém.

  • Primeiro, certifique-se de que seu mestre espião gosta de você. Mas assim, que ele goste muito de você. Se o seu mestre espião se juntar a uma conspiração de assassinato contra você, é bem provável que você tenha problemas seríssimos, então é do seu interesse ter um mestre espião leal. Tenha certeza, então, de que seu candidato tenha poucas razões para querer você morto.
  • Quando você tiver um mestre espião confiável, é só usá-lo ao seu favor. Se você tem um vassalo poderoso que não gosta muito de você, mas tem um herdeiro mais agradável, tramar sua morte prematura é a ação mais lógica que você poderá ter.
  • Você também pode usar o seu mestre espião para interromper esquemas secundários em seu reino. Isso não só te dá defesas contra ações hostis, como também levará à exposição de planos conspiratórios a longo prazo. Os traidores poderão ser presos, o que reduz significativamente o poder deles.
  • Com o privilégio A Verdade É Relativa, do estilo de vida Intriga, você pode levar os seus vassalos ao gancho, o que pode fazer com que eles pensem cinco vezes antes de agir contra você.
  • Com a vantagem Sequestrador do mesmo estilo de vida, você pode raptar imediatamente qualquer líder de facção que o preocupe. Isso reduz severamente o poder do inimigo, mas não é tão definitivo quanto tramar a morte dele.
  • Gerar muito pavor é ótimo contra rebeliões. É muito improvável que vassalos intimidados e aterrorizados se revoltem contra você, então certifique-se de causar medo o suficiente nos oponentes.

– Muitos jogadores recomendam ir à guerra com nações que seguem uma religião hostil a sua. Assim, você acabará com os hereges na prisão, podendo executá-los posteriormente sem que ocorra uma pena de tirania, ao mesmo tempo em que os deixa cada vez mais aterrorizados com as suas ações. Além disso, esses prisioneiros irão permanecer após uma sucessão em Crusader Kings 3, para que você possa se preparar para o futuro.

Suas Opções Militares

Mesmo se você seguir todas as dicas acima, a sorte também pode ser um fator durante o jogo. Às vezes, uma rebelião irá simplesmente explodir antes que você possa fazer algo a respeito – e é aí que os militares entram. Se o pior acontecer, você vai querer ser forte o suficiente para enfrentar qualquer coisa, não é?

  • O dinheiro é, provavelmente, a parte mais importante da estratégia militarista. Você não apenas precisará financiar seu exército, como os mercenários são uma das melhores defesas contra os insurgentes. Você pode simplesmente contratá-los para aumentar significativamente seu poder.

– O combate em Crusader Kings 3 se resume a números, então se você contratar mercenários suficientes para esmagar a oposição, não precisará se preocupar com Diplomacia ou Intriga.

– O dinheiro é herdado após a sucessão em Crusader Kings 3, portanto, sempre mantenha um pouco de ouro reservado para emergências. Caso consiga juntar 1.000 de ouro, já é o suficiente.

– Se você quiser acumular ainda mais dinheiro, veja se consegue dar um trabalho para o seu herdeiro, como por exemplo, no conselho. Esses cargos possuem salários altos que ajudarão na sua reserva pessoal.

  • Continue construindo edifícios militares. Ter um grande exército intimidará facções hostis, então faça esses prédios em regiões onde você tem soldados leais que impedirão ideias conspiratórias de seus vassalos.

– Além disso, mantenha suas terras unidas o tanto que você puder. Quando os vassalos se rebelam e uma guerra começa, você consegue reunir seus soldados rapidamente se as terras estiverem próximas. Se tudo estiver espalhado por todo o reino, seus exércitos menores podem ser esmagados antes mesmo que consigam se agrupar.

  • Fique de olho no seu exército e certifique-se de que ele sempre esteja abastecido. Ele é uma contribuição importante para uma presença intimidante no reino, então não o deixe de lado.

Essas são as nossas dicas para uma boa sucessão em Crusader Kings 3! O que você achou?

Confira também:

Crusader Kings 3 está disponível para PS5, Xbox Series e PC.

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade