Criador de PlayerUnknown’s Battlegrounds não acha que o jogo mereça ganhar prêmio de Jogo do Ano

PlayerUnknown’s Battlegrounds é o maior fenômeno de 2017 em termos de público, mas muita gente ficou de cara pelo jogo, ainda em acesso antecipado, ter sido colocado na lista de concorrentes ao prêmio de Jogo do Ano do The Game Awards. Sabe quem também não concorda com essa indicação? O criador do jogo, Brendam PlayerUnknown Greene.

Em entrevista ao site IGN, Greene disse que não acha que PUBG deva vencer o título de jogo do ano, e nem é pelo fato do jogo estar em Acesso Antecipado, e sim porque ele acha que jogos melhores do que PUBG foram lançados nesse ano.

“Ainda que eu adoraria ganhar o prêmio para o time, eu acho que jogos muito melhores foram lançados nesse ano”, disse ele ao site.

Segundo Greene, Horizon Zero Dawn e The Legend of Zelda: Breath of the Wild estão acima de PUBG na lista, e ele acha que um dos dois jogos deveria ganhar o prêmio ao invés do título da BlueHole.

PlayerUnknown’s Battlegrounds está disponível para PC em acesso antecipado. O jogo chega ao Xbox One em dezembro.

Publicado por

Este website utiliza cookies. Para mais informações, consulte nossa política de privacidade.

Leia nossa política de privacidade